28 Setembro 2022

Video Notícias

Protecção Civil proíbe subida ao pico do Vulcão do Fogo

  • PDF
Partilhar esta notícia
O Serviço Nacional de Protecção Civil (SNPC) proibiu subidas ou escaladas ao Pico do Vulcão do Fogo, bem como a aproximação e permanência de pessoas a menos de 500 metros da base do vulcão. Em comunicado, o SNPC diz que as últimas informações recebidas do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica, bem como do laboratório de Engenharia Civil, indicam que há sérios perigos inerentes a movimentos de uma massa de lava. Ou seja, blocos de rocha próximos do Pico principal do vulcão do Fogo podem desprender-se colocando em risco a segurança e a vida das pessoas. “Neste momento existe uma massa de lava a desprender-se do pico principal do Vulcão, com blocos de rochas que se atingirem uma pessoa pode ser fatal. Para além desta massa existe também o desenvolvimento de fracturas na mesma região, pondo em risco a segurança e a vida das pessoas”, explica Arlindo Lima. A informação foi enviada às Câmaras Municipais, associação de guias turísticos, direcção do Parque Natural do Fogo e comunicação social e é extensível a todas as pessoas e instituições. A Protecção Civil tranquiliza a população da ilha do Fogo quanto ao risco de ocorrer nova erupção - uma possibilidade que está fora de questão neste momento, garante Arlindo Lima.