26 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Erupção vulcânica: Crianças de Chã das Caldeiras integradas em escolas e jardins

  • PDF
Partilhar esta notícia

A escola do ensino básico de Queimada Guincho, no município dos Mosteiros, acolhe vinte e uma crianças e dois professores deslocados de Chã das Caldeiras, que se encontram alojados no Centro de acolhimento de Laranjo nas imediações da cidade de Igreja.

Em declarações a ao sítio da Câmara Municipal dos Mosteiros, o gestor do Polo I de Guincho, Adilson Teixeira, disse que a escola teve de fazer alguns reajustes para receber os alunos e professores de Chã das Caldeiras.

A integração das crianças e professores de Chã na comunidade educativa de Guincho aconteceu, segundo Adilson Teixeira, sem sobressaltos.

O professor Valdemar Alves, natural de Chã das Caldeiras, considera que, apesar de uma certa desorientação inicial, as crianças estão a adaptar-se bem a essa nova realidade.

Não obstante a facilidade de integração das crianças, o professor Adilson Miranda (Didi), afirma que os alunos deslocados de Chã das Caldeiras sentem algum desconforto por estarem longe de casa.

As crianças deslocadas de Chã das Caldeiras estão a adaptar-se bem à nova realidade encontrada na comunidade educativa dos Mosteiros. De acordo com informações dos responsáveis, 21 crianças foram integradas no ensino básico, 18 nos jardins infantis sob a tutela da Câmara Municipal dos Mosteiros, e cerca de uma dezena no ensino secundário.

Refira-se que, entre os deslocados de Chã das Caldeiras, estão 70 crianças alojadas no Centro de acolhimento de Mosteiros.

Leia ainda - Artigos mais recentes: