01 Julho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

SOS Tcham entrega donativo de mais de três mil contos em dinheiro e um contentor com géneros

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 14 Jan (Inforpress) – A associação “SOS Tchan”, criada, na sequência da erupção vulcânica para mobilizar apoios para as famílias deslocadas, procede nesta quarta-feira, em São Filipe e na Praia, à entrega dos donativos mobilizados através de uma campanha internacional.

João Miguel Amado Alves “Monge”, um dos responsáveis da associação “SOS Tchan”, disse que em termos monetários foram arrecadados o montante de mais de 3.300 contos, cujo cheque é entregue na manhã de hoje às autoridades que fazem a gestão dos donativos, indicando que se encontra na cidade da Praia um contentor com 14 toneladas de donativos mobilizados juntamente com os parceiros na Holanda.

Segundo João Miguel, 75 por cento (%) dos 600 volumes que compõe o contentor, cerca de 450 volumes contém géneros alimentícios, 10% contém vestuários, outros 10% são constituídos por líquidos (água, refrigerantes) e 05% por materiais de uso pessoal, higiene e medicamentos.

A campanha de mobilização de ajuda para as vítimas da erupção vulcânica de 23 de Novembro de 2014 e que ainda continua activa, depois de 51 dias de actividades, além da associação “SOS Tchan”, contou com a colaboração da empresa holandesa Trabocca (área de café; Fogo Coffee Spirit e associação Help Fogo, sediada na Holanda.

A erupção vulcânica de 23 de Novembro já destruiu os dois principais povoados, Portela e Bangaeira, o pequeno núcleo populacional de Ilhéu de Losna, assim como uma extensão área de cultivo, sobretudo de feijões, batatas, mandiocas mas também de fruteiras.

JR

Inforpress/Fim

Comentar