26 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Fogo/Naufrágio: Buscas serão retomadas apenas com meios navais para localização dos 12 desaparecidos

  • PDF
Partilhar esta notícia
Actualizado a 12/01/2015, 12:43 São Filipe, 12 Jan (Inforpress) – As buscas para a localização das 12 pessoas dadas como desaparecidas na sequência do naufrágio do navio Vicente serão retomadas esta manhã, com recurso a meios navais, disse o presidente do Serviço Nacional da Protecção Civil e Bombeiros. Segundo Arlindo Lima, passadas mais de 72 horas (três dias) após a ocorrência do naufrágio, a possibilidade de encontrar pessoas com vida é mais remota e as operações de busca, que envolverão o navio Djon Dadi e o rebocador Damão, são na esperança de poder encontrar algum corpo dos desaparecidos. Os dois navios vão percorrer todo o largo entre as ilhas do Fogo, Brava e os ilhéus Seco e Rombo, disse Arlindo Lima, que não avançou se serão retomadas as buscas nas costas das ilhas e dos ilhéus, porque, conforme explicou, não foram mobilizados os voluntários para tal. O navio Vicente,  de quase 50 metros, que pertencia à Companhia Tuninha, afundou-se na noite de quinta-feira, 08, a quatro milhas do porto de Vale dos Cavaleiros (Fogo), com 26 pessoas a bordo, entre membros de tripulação e passageiros. Nas primeiras 20 horas, foram resgatadas 11 pessoas com vida e o corpo de um membro da tripulação. Corpos de outras duas pessoas foram localizadas, mas devido ao estado do mar não foram resgatadas pelas equipas de busca e salvamento. Doze pessoas, sendo duas mulheres e 10 homens, incluindo o comandante e o imediato do Vicente, estão ainda desaparecidas, bem como a mulher do delegado do Agência Marítima Portuária, Sandra Varela. JR Inforpress/Fim
Leia ainda - Artigos mais recentes: