28 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Fogo: Passageira resgatada no navio Vicente encontra-se bem mas permanece hospitalizada – Ledo Pontes

  • PDF
Partilhar esta notícia
Actualizado a 09/01/2015, 11:54 São Filipe, 09 Jan (Inforpress) – Antónia Dias, “Tuginha”, de 53 anos, natural de Santiago e residente na ilha do Sal, um dos quatro sobreviventes do navio “Vicente” que se afundou em São Filipe, na noite de quinta-feira, encontra-se estável e fora de perigo. A confirmação foi dada pelo médico, Ledo Pontes, segundo quem Tuginha chegou ao serviço de urgência do hospital regional de São Filipe por volta das 09:00 horas de hoje, depois de passar a noite a bordo do navio de combustível da Shell Ostrea. De acordo com o médico, a sobrevivente permanece hospitalizada no serviço de observação por precaução. “Ela não está desidratada, mas está ansiosa e com algum medo”, disse Ledo Pontes, anotando que, por ser uma pessoa hipertensa, o nível de tensão arterial está “um pouco elevado”. O navio fast ferry “Kriola”, que está envolvido na operação de busca, recolheu uma pessoa viva, Manuel Augusto Fortes, tripulante do Vicente, e um cadáver do sexo masculino, que também se encontra a bordo do navio. Um membro da tripulação do "Kriola" contactado pela Inforpress limitou-se a confirmar a recolha do cadáver de um homem, mas não foi possível identificar se se trata de passageiro ou de elemento de tripulação do navio “Vicente”. Segundo o oficial do navio Vicente João Domingos Gomes Tavares, um dos quatro sobreviventes, a bordo do navio encontravam-se 26 pessoas, incluindo uma criança de quatro anos, sendo 18 tripulantes, sete passageiros, um agente da companhia Tuninha e mais duas pessoas ainda não identificadas. JR Inforpress/Fim  
Leia ainda - Artigos mais recentes: