27 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Luís Filipe Vieira em Cabo Verde para apoiar a ilha do Fogo

  • PDF
Partilhar esta notícia
O presidente do Sport Lisboa e Benfica chega na próxima segunda-feira à cidade da Praia, onde será recebido pelo Primeiro-ministro, José Maria Neves, vai apresentar um projecto para apoiar na recuperação da ilha do Fogo. Durante a sua estada em Cabo Verde, Vieira também pretende visitar a ilha do vulcão para constatar os estragos causados pela erupção. Esta actividade beneficente é promovida pela Fundação Benfica. "A Fundação Benfica vai participar num projecto que permita trazer alguma normalidade à população da ilha do Fogo. É enquadrado neste plano que o presidente Luís Filipe Vieira vai-se encontrar com o Primeiro-Ministro de Cabo Verde na próxima segunda-feira", disse João Gabriel, director de comunicação do clube encarnado. Depois de encontra-se o chefe do Governo de Cabo Verde, José Maria das Neves, Luís Filipe Vieira segue para a ilha do Fogo para ver de perto os estragos causados pela erupção vulcânica cujos prejuízos estão avaliados em mais de 45 milhões de euros. Gabriel recordou que "o Benfica tem responsabilidades que ultrapassam largamente o capítulo desportivo e a Fundação Benfica tem assumido essas obrigações". "É evidente que há uma especial sensibilidade quando se trata de apoiar países cuja história se cruza a história do clube e com os quais temos laços de profunda afinidade ", sustentou. Além de Vieira, a comitiva encarnada vai integrar ainda o presidente executivo da Fundação Benfica, Carlos Móia, e Nuno Gomes, assessor do presidente do clube para as relações internacionais. A visita da delegação encarnada a Cabo Verde está inserida nos projectos da Fundação Benfica que desenvolve em Portugal um programa de apoio escolar tendo ajudado cerca de 10 mil crianças desfavorecidas no ano passado. A entidade também já contribuiu para a reconstrução do Haiti, depois do terramoto de 2010, tendo oferecido, no mesmo ano, habitações na Madeira a três famílias desfavorecidas afectadas pelas inundações. Foto: A Bola
Leia ainda - Artigos mais recentes: