25 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Governo determinado na mobilização de recursos para mitigar efeitos da seca e da erupção vulcânica – PM

  • PDF
Partilhar esta notícia
Actualizado a 24/12/2014, 19:00 Cidade da Praia, 24 Dez (Inforpress) – O primeiro-ministro reiterou hoje que o seu Governo está “determinado” e que vai continuar a trabalhar “afincadamente” na mobilização de recursos necessários para mitigar os efeitos negativos da seca e da erupção vulcânica no Fogo.   Na sua mensagem de Natal endereçada a todos os cabo-verdianos residentes no país e na diáspora, José Maria Neves lembrou que 2014 foi um ano de seca, e “como sempre de desafios para todos”, e prometeu trabalhar “de sol a sol” para que “nenhuma família passe por mais dificuldades” por causa do mau ano agrícola. “Vamos continuar a trabalhar para mobilizar mais água, construir mais infra-estruturas agrícolas, desenvolver uma agricultura, uma pecuária e uma indústria agro-alimentar sustentáveis e capazes de permitir fazer face à aleatoriedade das chuvas em Cabo Verde e desenvolver actividades geradoras de rendimento”, apontou. O chefe do Governo lembrou também dos “estragos enormes” provocados pela erupção vulcânica em curso na ilha do Fogo, e neste sentido agradeceu toda a solidariedade dos cabo-verdianos para mitigar o sofrimento daqueles que perderam tudo na decorrência da erupção. Agradeceu também o gesto de amizade e solidariedade da comunidade internacional. “Tudo o que nós podermos continuar a fazer para, nos próximos seis meses, apoiarmos e ajudarmos a população do Fogo devemos fazer e vamos continuar a trabalhar afincadamente para mobilizar recursos para que as pessoas nos centros de acolhimento vivam com dignidade nos próximos meses e depois ter em conta reconstrução da ilha do Fogo”, garantiu. Um programa abrangente de reconstrução da ilha do Fogo e particularmente de Chã das Caldeiras vai ser erguido com a colaboração de toda sociedade civil foguense, estando previsto também a audição de quadros e especialistas nacionais e internacionais. “Os estragos são enormes, mas a vontade do Governo é também do tamanho da ilha do Fogo e vamos solidariamente trabalhar para que a ilha do Fogo possa ser reconstruída e todos os foguenses possam recuperar ao ânimo e a força necessários para que a ilha continue a crescer, a afirmar-se e a desenvolver-se”, sublinhou. José Maria Neves finalizou a sua mensagem endereçando votos de “feliz Natal” e um ano de 2015 de “muita prosperidade”, sobretudo a todos aqueles que sofrem os efeitos da seca, que são mais afectados pela erupção vulcânica, mas também a todas as famílias mais carenciadas, aos doentes e aos presos. “O mais importante agora é trabalharmos juntos, mobilizarmos toda nação cabo-verdiana para solidariamente continuarmos a construir esse nosso Cabo Verde”, finalizou. MJB Inforpress/Fim  
Leia ainda - Artigos mais recentes: