17 Dezembro 2018

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Fogo: Orçamento da ANMCV para o ano económico de 2019 com aumento considerável – Manuel de Pina

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 30 Nov (Inforpress) – O orçamento da Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde (ANMCV) para 2019 é de cerca de 69 mil contos, registando um “aumento considerável” em relação a 2018, disse o presidente do Conselho Directivo, Manuel de Pina.

Os instrumentos de gestão, orçamento e plano de actividades, para o ano económico de 2019 da ANMCV, aprovados quinta-feira pelo Conselho Directivo, vão ser analisados e aprovados pelo Conselho Geral que está reunido na cidade de Igreja, município dos Mosteiros, na sua quinta reunião ordinária.

Em entrevista a Radio de Cabo Verde, Manuel de Pina disse que o orçamento para o ano económico de 2019 registou um aumento considerável em relação ao de 2018, atingindo os cerca de 69 mil contos, um aumento na ordem dos 20 mil contos.

“O orçamento global para 2019 é de quase 69 mil contos com projectos concretos que vão melhorar as condições em algumas cidades e povoados do país”, disse Manuel de Pina, indicando o projecto que está na fase final e que conta com financiamento da União Europeia e que tem a ver com melhoramento das infraestruturas nas cidades e povoados, salientando que entre seis a 10 municípios vão beneficiar deste projecto em cerca de 27 mil contos e com possibilidade para continuarem no próximo ano, já que o valor global do projecto é de 55 mil contos.

Quanto ao plano de actividades, o presidente do Conselho Directivo da ANMCV, Manuel de Pina, destacou dois projectos, nomeadamente a implementação das cidades saudáveis no pais que está sendo desenvolvido em parceria com o Governo e com a Organização Mundial de Saúde (OMS) tendo sido criado e instalado a sede deste projecto na ilha de S.Vicente.

O outro projecto de grande impacto, no dizer de Manuel de Pina, está relacionado com a plataforma, observando que durante o ano que está prestes a terminar, nove municípios receberam garantias de financiamento e mais três municípios receberam agora esta garantia de financiamento para entregar a plataforma que, segundo o mesmo é para elaborar o plano estratégico de desenvolvimento municipal.

Além dos instrumentos de gestão da Associação (orçamento e plano de actividades), para a quinta reunião ordinária da ANMCV que acontece pela primeira vez nos Mosteiros, os autarcas vão apreciar e aprovar a proposta de alteração do Estatuto dos Municípios.

JR/AA

Inforpress/Fim

Gostar disto:

GostoCarregando...

Leia ainda - Artigos mais recentes: