14 Novembro 2018

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: Mulher detida na posse de mais de dez quilos de cannabis fica em prisão preventiva

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 07 Nov (Inforpress) – A mulher detida na noite de segunda-feira na posse de uma “certa quantidade” de cannabis e de um pó branco, que as autoridades presumem ser droga, vai aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva.

A suposta dona de cerca de 11 quilogramas de cannabis, também conhecida em Cabo Verde como padjinha, distribuídos em onze embrulhos e algumas saquetas com 32 gramas de pó branco, que as autoridades suspeitam ser cocaína ou crack, foi apresentada no final da tarde de terça-feira ao tribunal da comarca para o primeiro interrogatório e legalização de prisão.

Depois de ouvida no primeiro interrogatório o Ministério Publico pediu que seja aplicado como medida de coação a prisão preventiva, que foi decretada já no início da noite pelo juiz crime do tribunal da comarca de São Filipe, tendo a mesma sido conduzida às instalações da cadeia civil.

A suposta dona da droga apreendida, e que para as autoridades se destinava ao tráfico, fazia o transporte da droga proveniente da ilha de Santiago, de um bairro para outro.

A mulher, que estava a ser seguida pelas autoridades, transportava a maleta contendo as drogas num táxi quando foi abordada pelos agentes da Policia Nacional.

O taxista não foi detido mas a viatura que não é propriedade da mulher detida foi apreendida devendo o seu proprietário fazer as demarches necessárias esta quarta-feira para liberar a viatura.

JR/AA

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: