22 Março 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: “Hoje é um dia comemorativo mas a luta contra o cancro é diária” – responsável

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 28 Out (Inforpress) – O director do hospital regional Fogo/Brava, São Francisco de Assis disse, no final da marcha de sensibilização da população para a problemática de câncer, que “hoje é um dia comemorativo” mas que a luta “deve ser diária”.

À semelhança de outros pontos de país, na cidade de São Filipe foi realizada a marcha de sensibilização que percorreu algumas artérias da cidade e de alguns bairros periféricos e, no final, Evandro Monteiro disse que o objectivo foi cumprido, pois participaram na marcha todos os responsáveis das estruturas de Saúde da cidade, nomeadamente do hospital regional, da Delegacia de Saúde e dos demais departamentos internos das duas estruturas.

O responsável reconheceu que a população “aderiu pouco” à marcha, talvez por se tratar de um domingo, mas adiantou que a organização adoptou umas estratégias que, “de certa forma”, diminui a participação presencial das pessoas, abordando-as ao longo de todas as artérias por onde a marcha passou e através do carro de som emitiu algumas informações necessárias, sobretudo relacionada com a prevenção de cancro da mama.

“Valeu a pena e cumprimos com o que tínhamos programado, mas como disse durante o acto hoje é um dia comemorativo mas a luta é diária e temos de sensibilizar todos os dias porque a problemática da patologia é frequente e cada vez mais estamos a deparar com situações do género e com casos um pouco mais avançado”, disse Evandro Monteiro, indicando que as estruturas de Saúde têm a obrigação de informar as pessoas e sensibilizá-las para, em caso de necessidade, acudir aos serviços na ilha.

Além da marcha, e no quadro da luta, a Delegacia de Saúde de São Filipe tem agendado para terça-feira, 30, uma palestra sobre a problemática de cancro da mama, com participação de especialistas nas áreas de ginecologia, nutricionista e psicologia com sessão de auto-exame de cancro de mama e informação/ensino de como fazer o auto-exame, além de abordagem das questões ligadas à alimentação e acompanhamento psicológico.

JR/AA

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: