28 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

São Filipe: Primeiro-ministro inaugura escola reabilitada de Cobom

  • PDF
Partilhar esta notícia
Actualizado a 21/12/2014, 21:05 São Filipe, 22 Dez (Inforpress) – O primeiro-ministro, José Maria Neves, inaugura terça-feira as obras de reabilitação e ampliação da escola básica de Fonte Aleixo/Cobom nos subúrbios da cidade de São Filipe, seis meses depois de ter presidido ao lançamento da primeira pedra. Financiado pela organização não-governamental Luxemburguês “Betebuerg Helleft” a reabilitação e ampliação dessa infra-estrutura educativa e a entrega de parte dos equipamentos (mobiliários e 12 máquinas fotocopiadoras) está avaliado em 15 mil contos e constitui a primeira fase do projecto ligados ao sector da educação e desportos, cujo montante global é de cerca de 40 mil contos. Para a primeira fase do projecto, além da reabilitação das quatro salas de aulas existentes, melhoria da cozinha, instalações sanitárias e construção de outras duas de modo a permitir a escola receber os alunos do 5º e 6º anos, consta a aquisição de máquinas fotocopiadoras, num total de 12, sendo um para cada pólo, a confecção de 200 carteiras bi-pessoais e 400 cadeiras para alunos, 80 secretárias e cadeiras para os professores e um conjunto de materiais desportivos. Segundo o delegado do Ministério da Educação e Desporto, Luís Nunes, a escola de Cobom passará a dispor de um pequeno laboratório informático, devendo, no quadro do projecto, todas as escolas serem equipadas com um kit tecnológico /data show, tela de projecção) para melhor utilização dos equipamentos informáticos e visando a melhoria do processo de ensino/aprendizagem já que os mobiliários antigos e sem condições vão ser substituídos. A segunda fase do projecto que prevê a reabilitação das escolas de Campanas de Cima, Ribeira Filipe e S. Jorge, na zona norte do município de São Filipe constam do projecto e conforme o delegado as obras vão iniciar no próximo ano. Luís Nunes disse que há possibilidade desta ONG, que deverá visitar a ilha do Fogo em meados de Abril/Maio de 2015 para avaliação da implementação do projecto, financiar também a reabilitação da escola do ensino básico integrado de Patim, zona sul de São Filipe. O financiamento do novo projecto surgiu na sequência da visita de avaliação que uma delegação da ONG “Betebuerg Helleft” e do município de Bettembourg (Luxemburgo) efectuou há pouco mais de um ano à ilha para avaliar o primeiro projecto no sector da educação, orçado em cerca de 15 mil contos e que consistiu na electrificação de todas as 27 escolas do EBI, melhoria do sistema de instalação sanitárias, informatização das escolas (96 computadores) e formação dos professores. O reforço da formação dos professores nas novas tecnologias de informação e a manutenção dos equipamentos informáticos fazem parte do pacote de projectos financiados por esta organização não-governamental, devendo ser implementados a partir de 2015. Além do sector da educação, a ONG que também co-financiou o projecto de extensão de água a noroeste de São Filipe, entre Inhuco e Campanas de Cima, no valor de aproximadamente 15 mil contos, mostrou-se disponível para financiar outros projectos, devendo a Câmara de São Filipe submeter um projecto para o sector de habitação social (construção/reabilitação) no valor de aproximadamente 50 mil contos. JRInforpress/Fim
Leia ainda - Artigos mais recentes: