23 Janeiro 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

lha do Fogo: M_EIA promove de 14 a 18 de Outubro uma campanha de acção médica em Chã das Caldeiras

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 22 Set (Inforpress) – O Instituto Universitário de Arte, Tecnologia e Cultura do Mindelo (M_EIA) promove,  entre os dias 14 e 18 de Outubro,  uma campanha de acção médica em Chã das Caldeiras,  para atendimento à população local.

O M_EIA,  que desde Junho tem um gabinete técnico para dar assistência técnica no domínio de arquitectura e de tecnologias de construção sustentável à população, pretende com esta iniciativa alargar a área de intervenção para além da parte ligada ao plano em si, mas abrangendo outras áreas como saúde, educação e outras,  já que trata-se de um projecto integrado de Chã das Caldeiras, segundo Leão Lopes.

Leão Lopes disse à Inforpress que já teve encontro com responsáveis da saúde na ilha do Fogo e com a direcção do Hospital Regional São Francisco de Assis e que está tudo preparado e com a logística montada para a  implementação dessa iniciativa.

Segundo o responsável, durante esse período,  será montada uma estrutura na perspectiva de educação para saúde e ao mesmo tempo para consultas às pessoas, sendo que esta iniciativa conta com a parceria da médica Ema Mascarenhas, com apoio e assistência das Delegacias de Saúde do Fogo.

“É um momento importantíssimo para que aquela população se sinta próxima da Delegacia de Saúde e de especialistas que vem para dar assistência”, disse Leão Lopes, explicando que se trata  de uma iniciativa do projecto integrado de Chã das Caldeiras, que vai para além da implementação do plano.

Em relação ao plano, já que o Gabinete Técnico instalado tem como compromisso a arquitectura e os projectos de arquitecturas desses edifícios, indicou que tudo está a decorrer como planeado e que já iniciaram as obras da construção da primeira fase do jardim-de-infância, que surgiu como emergência, sendo que os trabalhos de terraplanagem e fundações estão avançados, enquanto arquitectos vão desenhando outras peças.

JR/JMV

Inforpress/Fim

 

Leia ainda - Artigos mais recentes: