26 Março 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Santa Catarina do Fogo: Escola básica de Cova Figueira vai ser reabilitada antes do próximo ano lectivo – presidente da câmara

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 04 Jul (Inforpress) – A escola do ensino básico de Cova Figueira, em Santa Catarina do Fogo, vai ser alvo de uma reabilitação antes do próximo ano lectivo com vista a criar melhores condições para o funcionamento das aulas.

As obras, segundo o edil santa-catarinense, Alberto Nunes, devem iniciar “nos próximos dias” e consistem na substituição da cobertura de telha para betão armado, reabilitação das portas e janelas, ligação da energia eléctrica nas partes ainda não contempladas, reabilitação da placa desportiva e na melhoria do acesso para pessoas portadoras de deficiência.

Para tal, o Ministério da Educação, através de um contrato-programa celebrado com o município de Santa Catarina do Fogo, vai disponibilizar uma verba de seis mil contos, correspondente a 60 por cento (%) do valor global, devendo a edilidade mobilizar a parte restante para a reabilitação dessa infra-estrutura escola.

Além da assinatura do contrato-programa com o Ministério da Educação para a reabilitação da escola, na sua recente deslocação à Cidade da Praia, Alberto Nunes estabeleceu outros contactos, tendo apresentado ao Fundo do Turismo os projectos a serem financiados no âmbito de um contrato celebrado no ano passado.

Do rol dos projectos constam a construção de miradouros, acessibilidades em algumas localidades, intervenção na estrada de Bombardeiro a Alcatraz (zona litoral), reabilitação de 14 casas para turismo rural na cidade de Cova Figueira e nas localidades de Achada Furna e Tinteira.

Alberto Nunes disse que no âmbito do Fundo do Turismo, Santa Catarina vai beneficiar, nos próximos três anos, de um financiamento de 35 mil contos e é com este valor que vão ser implementadas as obras desses projectos, sem contar com o financiamento do Fundo de Ambiente, no valor de mais de 30 mil contos para um período de três anos.

Além da reabilitação das 14 casas, já no quadro do Programa de Reabilitação, Requalificação e Acessibilidades (PRRA), Santa Catarina do Fogo vai beneficiar de financiamento para reabilitação de mais 30 casas de pessoas carenciadas num montante de nove mil contos que também conta com a comparticipação da edilidade e dos próprios beneficiários.

JR/CP

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: