22 Março 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: Grupo de mulheres promove concerto beneficente para recuperação de infantário em São Filipe

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 29 Jun (Inforpress) – As instalações da adega de Monte Barro acolhem, sábado, o concerto beneficente para arrecadação de receitas para reabilitação do jardim infantil de Piquinho, no interior do município de São Filipe.

A realização desta actividade é uma iniciativa do grupo de mulheres para o desenvolvimento do Fogo, criado há pouco mais de um mês e que esta semana foi formalmente apresentado ao edil de São Filipe, Jorge Nogueira, com o objectivo de lhe transmitir os princípios orientadores para a sua actuação e os integrantes do grupo.

O grupo é constituído por mulheres residentes na ilha e preocupadas com a situação económico-social e de desalento que se vive nesta parcela do território nacional.

Inicialmente constituído por sete mulheres de diferentes sectores profissionais, o grupo acredita que pode motivar outras mulheres de todos os concelhos da ilha a fazer o mesmo e que juntas podem dar um contributo válido ao desenvolvimento do Fogo, que é a ilha mais pobre de Cabo Verde, segundo Maria da Graça, uma das integrantes do grupo.

Conscientes das potencialidades que ilha apresenta, nomeadamente um vulcão activo, produção de café e vinho, frutos variados e doces, o grupo considera que está na hora de agir para um melhor futuro e contribuir para tirar a ilha da situação em que se encontra, esperando a adesão de todas as mulheres dentro ou fora da ilha e que querem dar o seu contributo.

Como princípios orientadores, o grupo de mulheres para o desenvolvimento do Fogo defende valores cristãos, autonomia na liberdade de pensar, agir e criar de forma de responsável, compromisso comunitário e filantrópico, primando pelo desenvolvimento da ilha e acesso aos direitos sociais e a diversidade social e cultural.

O concerto beneficente a favor do infantário de Piquinho é a primeira actividade a ser desenvolvida pelo grupo de mulheres, contanto o espectáculo com a presença de Braz de Andrade, Júlio Correia, Félix Lopes, Dany Lobo e Kátia Semedo, sendo que o ingresso é de 500 escudos por pessoa.

JR/CP

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: