18 Março 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: Edil mosteirense visita municípios portugueses geminados com Mosteiros

  • PDF
Partilhar esta notícia

Mosteiros, 19 Jun (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal dos Mosteiros, Carlos Fernandinho Teixeira, efectua, entre 20 e 27 deste mês, uma visita aos municípios portugueses com os quais o seu município tem acordo de geminação e cooperação descentralizada.

A visita surgiu de um convite formulado pelo homólogo de Entroncamento para participar nas actividades comemorativas da cidade e no encontro do comité de geminação, organizado por aquele município, juntamente com representantes dos outros municípios geminados com Entroncamento, nomeadamente Villiers-sur-Marne (França), Friedberg (Alemanha) e Bishop’s Stortford (Inglaterra).

Além de participar nas actividades comemorativas do dia da cidade de Entroncamento, Carlos Fernandinho Teixeira, que nesta deslocação far-se-á acompanhar do secretário municipal, Avelino Gomes, vai visitar os outros municípios portugueses geminados com Mosteiros, nomeadamente Ansião e Azambuja.

O reforço da cooperação intermunicipal deverá ser o ponto principal das reuniões, em que Carlos Fernandinho Teixeira vai apresentar o programa da primeira conferência dos municípios geminados com Mosteiros, prevista para Agosto deste ano, além de outras questões.

Carlos Fernandinho tem programado também um encontro com a comunidade foguense residente em Portugal (Lisboa).

No passado mês de Março, o município de Ansião (Portugal), na pessoa do seu presidente, António José Vicente Domingues, reafirmou a geminação celebrada com Mosteiros em 2015 e possibilidade de alargar as áreas de cooperação, extravasando, além da plataforma institucional, para outros domínios como educação, desenvolvimento rural, cooperação no domínio de ensino e formação profissional, associativismo, mas também o desporto e a música.

Esta posição foi assumida durante a visita que aquele autarca de Ansião efectuou aos Mosteiros, chefiando uma delegação integrada por 10 pessoas.

JR/CP

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: