23 Janeiro 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Futebol/Ilha do Fogo: Associação aguarda parecer do Conselho de Justiça da FCF para reatar campeonato do segundo escalão

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 22 Mai (Inforpress) – A Associação Regional de Futebol do Fogo (ARFF) aguarda o parecer do Conselho de Justiça da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) para a reatar a segunda fase do campeonato regional de futebol do segundo escalão.

No dia 05 de Maio deu-se início à segunda fase do campeonato regional do segundo escalão com a realização dos jogos da primeira jornada, mais a prova foi suspensa logo a seguir até clarificação da situação, que consiste em determinar se é a equipa de Baxada de Cova Figueira ou Esperança de Achada Furna que deve avançar para a segunda fase da prova.

O presidente da direcção da ARFF, Pedro Pires, disse à Inforpress que, na sequência de um recurso apresentado pela equipa de Esperança de Achada Furna e do posicionamento contraditório dos conselhos jurisdicional e de disciplina, foi enviado um dossiê ao Conselho de Justiça da FCF, aguardando o posicionamento deste órgão para a retoma da prova.

O responsável da Associação espera que até o final desta quarta-feira possa ter o parecer do conselho de justiça de FCF para que a prova seja retomada no próximo fim de semana.

Se este órgão entender que é a equipa de Esperança que deve avançar para a segunda fase, implica a realização de novo sorteio, ficando sem efeito os jogos da primeira jornada realizados a 05 de Maio, mas, caso for a formação de Baxada a avançar, a prova será retomada com a realização dos jogos da segunda jornada, ficando homologados os jogos da jornada inaugural.

Na primeira jornada, a formação de União de São Lourenço empatou a um golo com a sua congénere de Luzabril e o Desportivo de Cova Figueira derrotou Baxada por 3-1.

A segunda fase é disputada no sistema de todos contra todos a duas voltas, e as duas equipas melhores classificadas nesta fase vão ascender ao primeiro escalão na próxima temporada, ocupando as vagas deixadas pelo ABC de Patim e Cutelinho, despromovidas esta época ao segundo escalão.

O Município de Santa Catarina do Fogo, que na época 2017/18 não teve nenhuma equipa no primeiro escalão, tem agora a possibilidade de poder ter, até ao máximo, duas equipas no escalão principal, caso o Desportivo e Baxada, ou o Esperança, esta em caso de anulação da decisão do conselho de disciplina, consigam conquistar os dois primeiros postos do campeonato regional de segundo escalão.

A outra possibilidade é o regresso de União de São Lourenço ao escalão principal, depois de uma época no segundo escalão, e de Luzabril, que está há várias temporadas no escalão secundário do futebol do Fogo.

JR/AA

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: