25 Março 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Câmara dos Mosteiros desconhece a vinda de especialistas para avaliar troço de estrada de Sumbango

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 17 Mai (Inforpress) – A Câmara dos Mosteiros desconhece a vinda de especialistas para avaliar a situação no troço de estrada nacional EN1-FG01 de Sumbango (Mosteiros) e queixa-se da ausência de visitas de membros do Governo que se deslocam à ilha do Fogo.

Carlos Fernandinho Teixeira afirma desconhecer se algum elemento do Instituto de Estrada (IE) esteve a avaliar a situação, observando que “muitas vezes deslocam-se aos Mosteiros e nem sequer passam na Câmara para dar fala”.

“Tenho verificado que, ultimamente, os membros do Governo chegam até São Filipe e Santa Catarina e esquecem dos Mosteiros, nem para cumprimentar o presidente da Câmara”, disse o edil dos Mosteiros, afirmando que desconhece as razões.

Segundo o autarca, a ilha do Fogo tem três municípios e os governantes que visitam a ilha devem colocar na agenda da visita uma deslocação aos Mosteiros, ainda que seja para cumprimenta-lo, mas também para ver as questões relacionadas com agricultura, pecuária, as estradas, que precisam de reparações e, sobretudo, o troço de Sumbango, que precisa de uma intervenção muito forte do Governo.

O edil lembrou que este troço de estrada já ceifou a vida de duas pessoas e a edilidade não quer que ninguém mais morra no concelho dos Mosteiros por causa da queda de pedras neste troço.

Para Fernandinho Teixeira, “é urgente, e a Câmara está sempre disponível para colaborar com o Governo e o Instituto de Estrada, para resolver os problemas candentes das populações” e convidou os membros do Governo que, na sua deslocação a ilha, também façam visita ao norte”.

O Instituto de Estrada (IE) está a desenvolver esforços para a vinda de especialistas para avaliar a situação no troço de estrada nacional EN1-FG01 de Sumbango (Mosteiros) e propor soluções técnicas para estabilizar os taludes, na sequência de desabamentos de blocos de rocha neste troço de estrada nacional que liga o centro da cidade de Igreja a parte norte do município e a São Filipe (via norte).

JR/JMV

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: