26 Maio 2018

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: Penúria de água para população de Chã fica amenizada com a conclusão dos trabalhos de instalação dos equipamentos – MAA

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 15 Mai (Inforpress) – A situação de penúria de água por que passa a população de Chã das Caldeiras vai ser amenizada, dentro de dias, com a conclusão dos trabalhos de instalação dos equipamentos no furo executado no ano passado.

O ministro da Agricultura e Ambiente (MAA), Gilberto Silva, que esta terça-feira fará uma deslocação a Chã das Caldeiras, acompanhando o seu homólogo português, disse que o Governo está a trabalhar para executar os vários projectos previstos para esta localidade.

De  entre os quais, apontou o equipamento do furo, que foi executado e que não estava previsto, o que obrigou a mobilização de recursos adicionais para poder disponibilizar água à população.

“Vamos poder contar entre 45 e 50 metros cúbicos de água/dia, a partir do momento que instalarmos todos os equipamentos e com isso poder amenizar muito a situação de penúria de água que enfrenta a população de Chã das Caldeiras”, disse.

Além deste projecto, que visa minimizar a problemática de água na Caldeira, Gilberto Silva afirmou que outras obras, como a acessibilidade, vão arrancar dentro de dias, anotando que se está a trabalhar para montar todo um sistema sustentável da nova adega de vinho.

A construção da adega, explica, é algo que leva tempo porque são 400 mil contos que tem de ser investidos num projecto que foi “muito bem elaborado”, que dispõe de um estudo de viabilidade económica que vai ser melhorado para que se possa ter as condições para montar toda a engenharia financeira e organizacional para conseguir construir a nova adega.

O governante enumerou outras intervenções , nomeadamente a nível da floresta de Monte Velha, que cria muitos postos de trabalho, além de permitir ter uma área muito mais cuidada, a reabilitação da estrada de Piorno e sua ligação com Campanas de Cima, sublinhando que “são projectos com alguma complexidade”.

Segundo o ministro, o Governo tem estado a trabalhar com os parceiros locais para desenvolver actividades que permitem melhorar as fontes de rendimento das famílias, através de implementação de actividades geradoras de rendimento sustentável.

JR/JMV

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: