17 Julho 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: Muitos emigrantes equacionam desistir da deslocação à ilha por falta de transporte entre Praia e São Filipe

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 19 Abr (Inforpress) – Um número expressivo de emigrantes que pretendem se deslocar à ilha do Fogo por ocasião das festas do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe equacionam desistir por falta de transporte aéreo entre Praia e São Filipe.

A Inforpress apurou junto de algumas agências de viagens sedeadas em São Filipe que entre os dias 26 de Abril a 02 de Maio, período de maior procura, a companhia aérea que assegura a ligação entre Praia/São Filipe adicionou apenas dois voos suplementares, sendo um no dia 26 de Abril e outro no dia 02 de Maio, não obstante a demanda ser muita nesta época do ano.

As informações obtidas junto das agências dão conta que há várias reservas e, inclusive, de situações de emigrantes que já têm bilhetes de passagens até a Cidade da Praia, mas que não tem conexão com São Filipe e muitos já manifestaram o desejo de desistir da viagem.

Neste momento, entre os dias 25 de Abril e 02 de Maio, estão programados um total de 14 voos, sendo dois nos dias 25, 28, 29 de Abril e no dia 02 de Maio, três no dia 26 de Abril e um nos dias 27 e 30 de Abril.

A Inforpress sabe que vários artistas e grupos convidados para as festas de São Filipe ainda não têm confirmação, caso do Tabanca Jazz ou do Ferro e Gaita, facto que levou na semana passado o edil de São Filipe à Praia para negociar com a companhia aérea a possibilidade de realização de mais voos, mas até este momento ainda nada está definido.

Com relação ao fast ferry, a companhia já decidiu pela realização, na próxima terça-feira, 24, a ligação com a Cidade da Praia para assegurar o transporte de emigrantes que chegam dos Estados Unidos da América.

A não introdução de voos suplementares, segundo apurou a Inforpress, é porque a procura é apenas no percurso Praia/São Filipe durante os dias de festas, o que pressupõe que no regresso os voos vão praticamente vazios e pode representar prejuízos para a companhia.

Caetano Rodrigues, vereador da Cultura da edilidade de São Filipe, disse à Inforpress que dos vários contactos estabelecidos com as agências de viagens, constatou-se que há de facto muita procura neste momento de emigrantes e de outras pessoas que querem participar nas festas.

O autarca confirmou, igualmente, que ainda não a Câmara não dispõe de todas as passagens dos artistas, mas mostrou-se confiante de que a Binter vai disponibilizar mais voos todos os dias, como forma de ter uma grande festa.

“Este assunto já é do conhecimento dos governantes e estamos confiantes que tanto o Governo como administração da Binter irão resolver da melhor forma este assunto”, disse o vereador, observando que de momento não há grandes constrangimentos e que toda a logística está montada e só há esta pendência dos voos que vai ser resolvida de melhor forma.

Quanto à homenagem a Rolando Lima Barber “Zuca” e Padre Octávio Fasano e a ASDE e AMSES, Caetano Rodrigues disse que como o Botafogo Futebol Club está a homenagear o seu fundador, Rolando Lima Barber, no dia 26 de Abril, a edilidade está a equacionar a possibilidade de adiar a sua homenagem para o mês de Maio, que foi também concertado com o Padre Octávio Fasano, evitando a realização de dois actos seguidos à mesma pessoa.

Segundo o mesmo, a edilidade está a equacionar associar o nome de Rolando Lima Barber “Zuca”, atribuindo o seu nome a um dos recintos desportivos.

JR/JMV

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: