22 Setembro 2018

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Fogo: Escola Materna com nova cara

... Veja o vídeo
Sábado, 01 Setembro 2018 22:45

Klav Kriolu - Fogo Fogo N' Bem de fora

... Veja o vídeo
Sábado, 01 Setembro 2018 20:15

Ilha do Fogo: Turista australiano morre em São Filipe momentos depois de regressar de Chã das Caldeiras

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 08 Abr (Inforpress) – Um turista de 53 anos, de nacionalidade australiana, morreu no início da tarde de hoje, numa das pousadas da cidade de São Filipe, momentos depois de regressar de Chã das Caldeiras.

O turista, acompanhado da esposa, escalou sábado, o Pico do Fogo, tendo passado a noite do mesmo dia em Chã das Caldeiras, de onde regressou hoje, por volta das 10:00 e instalado numa das pousadas da cidade.

Segundo informações recolhidas no local, o casal após instalar na unidade hoteleira, deslocou-se à praia de Fonte Bila, tendo regressado e almoçado num dos restaurantes, antes de regressar à pousada.

Cerca de cinco minutos depois de entrar no quarto a esposa deu alerta mas quando os responsáveis da pousada acudiram o pedido de socorro o turista já se encontrava morto.

O cadáver foi levantado pelas autoridades sanitárias e judiciais por volta das 17:00 e transportado para morgue do hospital regional São Francisco de Assis.

A delegada de Saúde de São Filipe, Joana Alves, disse que, à primeira vista, fica a sensação de se tratar de morte natural o que poderá ser confirmado com a realização de autopsia.

Já a representante do Ministério Público, além de partilhar da posição da delegada de Saúde, disse que vai solicitar a autopsia, indicando que há várias possibilidades.

Uma delas é a provável transferência, segunda-feira, do corpo para a Cidade da Praia para a realização de autópsia e posterior transladação do corpo para o país de origem, isto caso a transportadora área faz o transporte de corpo.

Outra possibilidade é a deslocação de médico legista da Cidade da Praia para realização de autopsia e depois fazer os procedimentos necessários a transladação, cenários que serão decididos nas próximas horas, segundo a representante do Ministério Publico.

JR/CP

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: