25 Abril 2018

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo/Futebol: Vulcânico consente empate caseiro a zero frente ao Palmeira

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 07 Abr (Inforpress) – O Vulcânico consentiu hoje um empate em casa a zero frente a equipa da Palmeira, representante da ilha do Sal, em jogo a contar para a primeira jornada do Grupo C, do campeonato nacional de futebol.

O jogo foi muito repartido e com poucas oportunidades de golos, quer para o Vulcânico como para Palmeira, embora a formação do Vulcânico teve algum domínio parcial do jogo, sobretudo no primeiro tempo e nos primeiros 10 minutos do segundo tempo.

Cá II desperdiçou as poucas oportunidades e no minuto 53 do segundo tempo podia colocar o Vulcânico em vantagem, mas não acertou com a baliza e noutras situações foi o guarda-redes Dorivaldo a evitar que a sua baliza seja alvejada.

A formação do Vulcânico reivindicou por quatro vezes por grande penalidade, sendo três no primeiro tempo e uma no segundo tempo, mas o árbitro Ivaldir Silva não considerou que houve motivos para tal, apesar de numa das situações parece-nos que Victor foi derrubado na área de Palmeira.

No final do jogo o treinador do Vulcânico, Danilo Diniz disse que o objectivo era conquistar os três pontos, mas adiantou que o empate não é de todo um mau resultado e que o mesmo não põe em causa o objectivo da sua equipa que é passar para a segunda fase.

Já o treinador do Palmeira, considerou que o jogo foi difícil porque o Vulcânico é uma grande equipa, mas adiantou que conquistar um ponto fora é sempre um bom resultado para começar o campeonato nacional, indicando que no próximo jogo, em “casa”, apesar de ser contra o campeão nacional em título, Sporting da Praia, o objectivo é conquistar os três pontos.

O trio de arbitragem de Santiago Sul, composto por Ivaldir Silva, Estevão da Rosa e Bruno Vaz, 4º árbitro Nilton Teixeira, do Fogo, fez um trabalho positivo não obstante algumas reclamações do Vulcânico nas jogadas em que pediram grande penalidade.

Na próxima jornada, a segunda, o Vulcânico desloca-se à ilha do Maio para defrontar o Barreirense, enquanto Palmeira vai jogar em “casa” frente ao Sporting da Praia.

JR

Inforpress/Fim

 

Leia ainda - Artigos mais recentes: