20 Janeiro 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: Lucimara da Silva da escola básica de Atalaia foi a vencedora do concurso de poesia sobre o café 

  • PDF
Partilhar esta notícia

Cidade de Igreja, Mosteiros, 24 Mar (Inforpress) – Lucimara da Silva, estudante do sexto ano da escola básica de Atalaia, extremo norte do município dos Mosteiros, foi a vencedora do concurso de poesia sobre o café no quadro da quinta edição do festival do café “Fogo Coffee Fest”.

Os vencedores do primeiro concurso de poesia, em que participaram os alunos do quinto e sexto ano de escolaridade do município dos Mosteiros, foram anunciados sexta-feira, no âmbito do festival de café.

Nas posições seguintes classificaram-se Lenilson Andrade da escola de Relva, extremo sul dos Mosteiros, Miriam Pina do segundo agrupamento, Evenisa Martins de Feijoal e Eracy Rodrigues Miranda de Relva, sendo que os prémios que oscilam entre os mil e os cinco mil escudos, são em materiais escolares.

O Presidente da República, que presidiu a abertura da quinta edição do festival, deixou a sugestão de estender esta actividade a todos os alunos da ilha do Fogo, nas próximas edições.

Para sábado, o segundo dia do festival, serão conhecidos os vencedores do concurso “melhor bolo de café”, cujo primeiro prémio é no valor de 10 mil escudos, e o melhor café confeccionado, cujo prémio para o primeiro classificado é de cinco mil escudos.

Na tarde de sexta-feira realizou-se a primeira edição da “corrida de café” com partida das zonas altas e meta de chegada à frente do edifício de Paços do Concelho, tendo o atleta dos Mosteiros Kenny Miranda, conquista o primeiro lugar.

Ao todo participaram sete atletas, sendo dois dos Mosteiros, outros tantos de Santa Catarina e Brava e com um representante do município de São Filipe.

Rubem Monteiro da Brava classificou-se m segundo lugar e António Andrade Lopes, dos Mosteiros na terceira posição e com direito a prémios.

Um grupo de jovens (seis) que participaram numa acção de formação sobre pintura com recurso a técnica de café e aguarela receberam os seus certificados, mas também deram a conhecer o trabalho realizado, através de uma pintura.

A abertura do festival contou com a presença de um grupo de tamboreiros e coladeras do município de São Filipe.

JR/CP

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: