25 Junho 2018

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

São Filipe: Ministério da Educação reage à notícia do Asemanaonline sobre pais e encarregados da educação revoltados

  • PDF
Partilhar esta notícia

A delegada do Ministério de Educação no concelho São Filipe, Sofia Monteiro, emitiu uma nota reagindo à notícia do ASemanaonline publicada esta segunda feira,12, intitulada " São Filipe: pais e encarregados de educação revoltados". O comunicado enviado à nossa Redacção é aqui transcrito na íntegra.

Comunicado

Pelas confusões de nomes/escolas e pelo facto da notícia não vir assinada, mostra que o autor não está por dentro do processo ensino/aprendizagem em São Filipe.
O ensino em São Filipe, mais do que nunca, encontra-se organizado administrativa e pedagogicamente e em todos os níveis de ensino.

O concelho tem o melhor parque escolar do país e daqui a 3 anos terá todo o parque escolar remodelado e com as melhores condições de funcionamento.
Corrigindo o autor desta notícia, com um título enganador, esclarecemos que a figura do gestor foi substituída por coordenador de escolas e Mário Cabral é coordenador da escola de Santa Filomena e Mário Barbosa, coordenador da Escola de Cobom, que se encontra na Praia em tratamento, pelo que aproveitamos para endereçar-lhe votos de breve recuperação.

A escola de Cobom tem a Professora Carla Sofia em substituição do Coordenador Mário Barbosa e para o efeito foi solicitado um outro professor ao ME que já se encontra a trabalhar no mesmo agrupamento.

A escola de Santa Filomena funciona neste momento no centro de juventude e no anexo Oficina central, com as condições de funcionamento que permitem o normal funcionamento das aulas e acompanhado permanentemente pelo Coordenador Mário Cabral, equipa pedagógica e pela Sala de Recursos.

O mais estranho é não me terem contactado por nenhuma via e ver na notícia que tentaram contactar a Delegada por várias vezes, sem sucesso.

Estamos tranquilos e continuaremos a trabalhar e a dialogar com os pais e com todos os parceiros em prol da educação e de um ensino de qualidade no concelho. No início do ano sim, os pais rejeitaram a ideia de mandar as crianças para essas salas alternativas, mas nesse momento não temos conhecimento, que nenhum pai esteja a questionar esta situação, pelo que não compreendemos a intenção do autor desta noticia ou do suposto professor que tenha passado essa falsa informação.
Sobre as obras de requalificação da escola de santa Filomena, a Câmara Municipal poderá melhor, dar as informações de quando serão concluídas.
Sofia Monteiro -Delegada do ME
São Filipe-Fogo, 12 de Março de 2018


NR: Os acontecimentos são da Delegada e agradecemos por ter fornecido mais informações sobre o assunto aos nossos leitores. Mas professores, pais e encarregados da educação estão ali e o jornal não pode pôr «barbitche» a ninguém. A peça referiu que o jornal tentou ouvir a Delegada do ME, mas foi impossível. Quantas vezes responsáveis de serviços públicos não respondem o repórter?

Leia ainda - Artigos mais recentes: