25 Maio 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: Rede de protecção de muro nas imediações do porto de Vale dos Cavaleiros fragmenta-se e deixa pescadores expostos ao perigo

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 02 Mar (Inforpress) – A rede metálica de protecção do rochedo situado na zona norte do porto de Vale dos Cavaleiros, nas imediações do cais de pesca, rompeu devido ao desabamento de rocha e deixa os pescadores e as suas embarcações expostos ao perigo.

A colocação da rede para proteger toda a rocha da parte norte do porto de Vale dos Cavaleiros aconteceu no início de 2014, aquando da inauguração da segunda fase da expansão e modernização dessa infra-estrutura portuária, ocorrida a 14 de Março de 2014.

Parte da rede não aguentou a força das pedras que desprenderam da rocha e acabou por ceder numa grande extensão, mesmo à frente do cais de pesca, no espaço muito frequentado pelos pescadores e onde estes costumam colocar as suas embarcações de boca aberta.

Alguns pescadores disseram à Inforpress que a situação constitui perigo para a classe e as suas embarcações e por isso solicitam a reposição do sistema de protecção, enquanto alguns apontam alguma deficiência na colocação da rede, facto que permitiu o seu rompimento.

Esta área do porto, apesar de dispor de praia balnear, não é muito frequentado pelos banhistas.

Outra questão que preocupa os pescadores e operadores da pesca é o assoreamento do arrastadouro de embarcações de pesca.

Os pescadores aguardam as intervenções prometidas há vários anos e que passam pela melhoria da rampa, da segurança, colocação de alguns equipamentos, nomeadamente de cabines individuais, local de tratamento de pescado, uma unidade de transformação e equipamento para produção de gelo no próprio cais, de entre outras.

Nestes dias, devido ao estado agitado do mar, os pescadores que têm a sua base logística no cais de pesca, estão, há uma semana, em terra, sem poder fazer-se ao mar.

JR/JMV

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: