26 Junho 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Mosteiros: Projecto de ASDE para o sector das pescas socializado com pescadores e peixeiras

  • PDF
Partilhar esta notícia

 

São Filipe, 23 Jan (Inforpress) – O projecto da Associação de Solidariedade e Desenvolvimento Economico (ASDE) para a melhoria das condições de vida dos pescadores das ilhas do Fogo e da Brava, foi socializado esta segunda-feira com os pescadores e peixeiras dos Mosteiros.

O encontro de socialização que contou com a presença do promotor do projecto e responsável do mesmo, padre Octávio Fassano, decorreu no âmbito das actividades da presidência aberta que o edil dos Mosteiros, Carlos Fernandinho Teixeira tem estado a realizar pelas diferentes comunidades do município.

Nesse encontro participaram dezenas de pescadores e peixeiras das diversas comunidades piscatórias dos Mosteiros, assim como vereadores e técnicos da edilidade.

Além da socialização do projecto que vai ser implementado em parceria com as câmaras da região Fogo e Brava, o encontro serviu também para auscultar os profissionais do ramo da pesca.

As principais preocupações que a classe dos pescadores e peixeiras dos Mosteiros enfrentam, segundo os mesmos, estão relacionados com a melhoria dos portos de desembarque de pescados, assim como a necessidade de intervenções urgentes nos acessos aos portos, melhoria dos arrastadouros, a iluminação do acesso onde for possível e a construção ou reabilitação de abrigos onde possam guardar os artefactos da pesca em segurança.

O edil dos Mosteiros, Carlos Fernandinho prestou algumas informações aos pescadores e peixeiras presentes no encontro, nomeadamente sobre as intervenções previstas no âmbito do programa de requalificação da orla marítima e do projecto de promoção das sete maravilhas naturais dos Mosteiros, que segundo o mesmo vão ter impactos no sector das pescas.

O desenvolvimento de projectos que visam a promoção de tecnologias da pesca e segurança marítima, formação de pescadores e construtores de embarcação, criação de mais oportunidades para o acesso ao crédito para os operadores do sector das pescas, são outras promessas deixadas pelo edil, durante o encontro.

Entretanto, o autarca disse, em declarações à Inforpress, que a municipalidade prevê para breve a construção de uma rampa e um arrastador para botes na Baía do Corvo, que já a mesma dispõe de acesso carroçável, facilitando assim o transporte de pescado.

Conforme explicou, seria mais viável que o valor previsto no quadro do Projecto de Oportunidades Socioeconómicas no Meio Rural (POSER -OPORTUNIDADE) seja investido na Baía do Corvo em vez de Praia Cais, criando condições para que aos pescadores passem a utilizar a Baía do Corvo em vez do porto e Praia Cais, cuja construção do acesso vai ser extremamente elevado.

Para 2018 prevê-se ainda a formação de construtores, a construção de Casa dos Pescadores na cidade de Igreja, entre outras ações.

Já no quadro da presidência aberta, Carlos Fernandinho Teixeira tinha reunido com os dirigentes das associações de desenvolvimento comunitárias para analisar o programa de emergência visando mitigar o efeito do mau ano agrícola.

Para o edil é descabida a inscrição de actividades no plano em aprço, de localidades que pertencem a outros municípios, assim como a sua implementação nas zonas altas, porque não permite resolver o problema do emprego e acudir a população dos Mosteiros.

Informou, no entanto, que dos cerca de 15 mil contos que o Governo vai disponibilizar para o plano de emergência, a edilidade já recebeu a primeira tranche no montante de quatro mil contos destinados a financiar intervenções no município dos Mosteiros.

Carlos Fernandinho Teixeira tinha agendado para esta terça-feira uma deslocação à Cidade da Praia para uma série de contactos com os embaixadores da União Europeia, dos Estados Unidos da América, representante do Sistema das Nações Unidas, Cooperação Luxemburguesa e alguns membros do Governo, mas o voo foi cancelado devido às intempéries, pelo que adiou a viagem para quarta-feira.

JR/FP

Inforpress/Fim

 

 

Gostar disto:

GostoCarregando...

Relacionado
Leia ainda - Artigos mais recentes: