19 Março 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: Missão técnica do IGQPI inicia visita ilha para recolher informações e socializar documento denominação de origem

  • PDF
Partilhar esta notícia

 

São Filipe, 23 Jan (Inforpress) – Uma missão do Instituto de Gestão da Qualidade e da Propriedade Intelectual (IGQPI) e da Direcção-geral da Agricultura, Silvicultura e Pecuária, chega hoje à ilha para dar continuidade à recolha de informação da segunda fase do projecto DO/IG vinho.

Além da recolha de informações para a segunda fase, a missão técnica, que vai permanecer na ilha até o dia 30, vai socializar o primeiro draft do caderno de especificação das Denominações de Origem (DO) /Indicação Geográfica (IG) do vinho da ilha do Fogo.

Esta missão, a segunda que se realiza à ilha do Fogo, já que a primeira aconteceu no final de Julho de 2017, enquadra-se na segunda fase do Projecto DO/IG vinho da ilha do Fogo que conta com a cooperação da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI).

Este projecto tem a duração de 12 meses e encontra-se dividido em três fases, tendo a primeira sido realizado em Julho de 2017, e agora acontece a segunda missão.

Segundo a programação, no município de São Filipe, a missão tem agendado encontro com o delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), visita a locais históricos para recolha de informações sobre a ilha, encontro com vereador de economia da edilidade de São Filipe, encontro/vista aos produtores – Adega Maria Chaves e a vinha com a mesma denominação.

Em Santa Catarina do Fogo, está igualmente agendado encontro com vereador da Economia, visita a adega Chã e vinhas em Chã das Caldeiras, e nos Mosteiros, encontro com o vereador da pasta de Economia e encontro/visita com os produtores da adega Sodade e às vinhas.

Depois de contactos e visita de terreno e encontro com produtores, a missão tem agendado, para o dia 27, uma reunião para apresentação do primeiro draft de caderno de especificações de Denominação de Origem/Identificação Geográfica (DO/IG) aos produtores e agricultores de Chã das Caldeiras, assim como o trabalho técnico de sistematização do draft.

No dia 29 será feita a apresentação do primeiro draft do caderno aos vereadores municipais e operadores económicos da ilha.

JR/AA

Inforpress/Fim

Gostar disto:

GostoCarregando...

Relacionado
Leia ainda - Artigos mais recentes: