23 Janeiro 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: Delegação do MAA inicia hoje a distribuição de 750 vales cheques aos criadores de gado

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 05 Jan (Inforpress) – A delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) inicia, hoje, sexta-feira, a distribuição de 750 vales cheques, num valor global de 225 mil escudos, aos criadores de gado para apoio na aquisição de ração.

A distribuição dos vales cheques inicia-se pelos municípios de Santa Catarina do Fogo e São Filipe (sul) os mais afectados pelo mau ano agrícola e por serem zonas de forte concentração de efectivos de pecuária, sobretudo caprino.

Segundo técnicos da delegação do MAA, esta sexta-feira, primeiro dia de distribuição, vão ser contemplados 15 criadores da localidade de Salto (São Filipe) e 25 de Monte Vermelho (Santa Catarina).

A quantidade de vales cheques para apoio na aquisição de ração é calculada de acordo com o número de efectivos e espécies de animais de cada criador.

Com os vales os criadores podem adquirir ração junto da loja revendedora de ração na cidade de São Filipe a um custo inferior. A loja revendedora com a qual o MAA tem celebrado protocolo, prevê a abertura de postos de vendas em outros pontos da ilha, nomeadamente nos Mosteiros, para facilitar o acesso dos criadores.

A nível da ilha do Fogo, existe uma unidade de produção de ração para diferentes tipos de animais, propriedade da União das Cooperativas da ilha do Fogo (Unicoop), mas a mesma não consta das unidades com as quais o MAA celebrou protocolo e por isso os criadores beneficiados com os vales não podem negociar com a Unicoop.

Apesar de não ter sido contemplada, a direcção da Unicoop, em declarações à Inforpress, indica que a sua unidade, à semelhança de anos anteriores tem celebrado acordo com associações de zonas altas para o fornecimento de ração e milho aos criadores e com redução no preço e, assegura, vai continuar a praticar esta modalidade.

Além do início da distribuição dos primeiros vales cheques aos criadores de gado para aquisição de ração, o delegado do MAA, Jaime Ledo de Pina, reuniu-se com a Câmara Municipal dos Mosteiros para definição de estratégia e data do início da implementação do plano de emergência naquele município.

Nos Mosteiros, que não foi contemplado no primeiro lote de distribuição de vales cheques, os criadores estão mais preocupados com a prestação de assistência técnica e disponibilização de medicamentos para tratamento dos animais.

Na falta de técnicos, a delegação do MAA em parceria com a Comissão Regional de Parceiros da Luta Contra Pobreza terá seleccionado cerca de três dezenas de pessoas com algum conhecimento no domínio de assistência pecuária para participarem numa acção de formação, mas, segundo um dos criadores seleccionados, não se sabe para quando a acção de capacitação dos mesmos.

Além da distribuição de vales cheques para aquisição de ração, as instituições de micro-finanças como Associação de Solidariedade Social para o Desenvolvimento da ilha do Fogo (Soldifogo) e a delegação da Organização das Mulheres de Cabo Verde (OMCV) têm estado a conceder créditos aos criadores de gado para aquisição de ração no quadro do plano de emergência para mitigar o mau ano agrícola e para salvamento dos seus animais.

JR/ZS

Inforpress/Fim

Gostar disto:

GostoCarregando...

Relacionado
Leia ainda - Artigos mais recentes: