23 Março 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Polémica no futebol Fogo: Agressão a árbitro rende 3 anos de suspensão ao treinador do Cutelinho

  • PDF
Partilhar esta notícia

O Conselho da Disciplina da Associação Futebol Regional do Fogo teve mão pesada para com o treinador do Cutelinho dos Mosteiros, Adair Martins, que agrediu o juiz principal na última jornada do regional do Fogo, no passado sábado,11, no jogo, frente ao Atlético nos Mosteiros. Além dos três anos de suspensão, Martins vai pagar uma multa de 15 mil escudos.

De realçar que, casos de ofensas, injúrias e agressão vem acontecendo com alguma frequência no futebol do Fogo. Os árbitros são sempre os visados por calúnia, ofensa e difamação.

Em relação a 3ª jornada o regional do campeonato Regional do Fogo época 2017/18, foram ainda suspensos com cinco jogos, Luís Carlos de Pina do Cutelinho, por ter sido expulso e ter dirigido palavras e ameaças, injuria e ofensas ao árbitro.

Ainda do rescaldo da partida entre Cutelinho x Atlético, que terminou com a vitoria do ultimo por: 3-2, o Conselho de Disciplina aplicou penas de suspensão e multas de dois mil e 500 escudos, a cada um dos seguintes dirigentes do Cutelinho: André Raul Barbosa e João Teixeira, por comportamento incorreto.

Foram ainda aplicados a pena de suspensão de 15 dias e uma multa de dois mil e 500 escudos aos dirigentes do Botafogo e Vulcânico. Manuel Cardoso (Botafogo) e Danilo Diniz, treinador do (vulcânico).

O Vulcânico lidera o campeonato com nove pontos seguidos pelo Spartak e Nova Era, com sete pontos.Atlético dos Mosteiros e Valência somam quatro pontos, seguido pela Académica, Botafogo, No Pintcha e Cutelinho com três pontos. ABC é a lanterna vermelha do campeonato com zero pontos.

Leia ainda - Artigos mais recentes: