24 Novembro 2017

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: Inquérito Cadastro Social Único continua a decorrer nos Mosteiros

  • PDF
Partilhar esta notícia

 

Mosteiros, 04 Nov (Inforpress) – Uma equipa de 15 inquiridores, constituída por técnicos da câmara e pessoas contratadas pelo Serviço Nacional de Protecção Civil, prossegue o levantamento e recolha de dados nos Mosteiros no quadro do processo de implementação do Cadastro Social Único.

A aplicação do inquérito é promovida pelo Ministério da Família e Inclusão Social em parceria com a Camara Municipal dos Mosteiros, o Serviço de Protecção Civil e a Unicef, e decorre desde o mês de Outubro.

A finalidade do inquérito é articular as necessidades de levantamento socioeconómico da situação das famílias no município dos Mosteiros, e proceder a avaliação de riscos de infra-estruturas urbanas no âmbito do projecto de “avaliação detalhada de risco urbano”, executado pelo Serviço Nacional da Protecção Civil.

A avaliação da situação do individuo e do seu agregado tem em conta as dimensões como condições de alojamento, acesso a água e energia, situação de saúde, capital cultural, capital social, rendimento, necessidades de cuidados de dependentes (crianças, idosos e pessoas portadoras de deficiência) constam da ficha do inquérito que cobre todas as localidades do município.

Neste mês de Novembro, o Ministério da Família e Inclusão Social vai proceder a realização de um inquérito semelhante nas áreas de maiores vulnerabilidades dos municípios de São Filipe e Santa Catarina (Fogo), Maio, de Santo Antão, Santiago Norte e na Cidade da Praia, segundo uma nota de imprensa do gabinete de comunicação e imagem do Governo.

JR/CP

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: