21 Outubro 2017

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Ilha do Fogo: O compromisso com comunidade de Cabeça Fundão não termina com entrega das chaves da escola – Lígia Fonseca

  • PDF
Partilhar esta notícia

 

São Filipe, 09 Out (Inforpress) – A primeira-dama, Lígia Fonseca disse hoje no acto de inauguração das obras de reabilitação da escola de EBI e jardim infantil de Cabeça Fundão, que o seu compromisso com aquela comunidade não termina com entrega das chaves da escola.

“O nosso compromisso com a comunidade de Cabeça Fundão não vai terminar com entrega das chaves da escola, continuaremos juntos”, disse Lígia Fonseca que exigiu da comunidade educativa e de toda a população um compromisso no sentido de cuidarem do espaço, porque para a reabilitação dessa infraestrutura, “muita gente juntou o pouco que tinha para dar o melhor para esta localidade” que deve assumir o compromisso dessa escola.

A primeira-dama prometeu voltar, no próximo ano, por ocasião das festas do dia 01 de Junho e quer encontrar a escola bonita para que os outros meninos encontrem uma escola melhor do que aquela que estava antes das obras de reabilitação e transformação.

Com a inauguração das obras de reabilitação dessa infraestrutura escolar, Lígia Fonseca disse que não termina o compromisso assumido a 02 de Junho de 2017, durante a sua visita à escola de Cabeça Fundão, indicando que continuará a trazer tudo que conseguir para as crianças da referida escola, nomeadamente livros, material para educação física e outros.

O edil de Santa Catarina do Fogo, Alberto Nunes afirmou, na ocasião, que é grande a sua alegria e satisfação ver este espaço reabilitado e transformado, criando assim melhores condições para as crianças que são “o garante do nosso futuro”, indicando ainda estar-se perante um exemplo de uma unidade e esforços em conjunto.

“A educação é fundamental para o desenvolvimento de qualquer sociedade e as crianças que continuarão o nosso trabalho, no futuro, precisam de um espaço condigno para o processo de ensino e aprendizagem”, disse o autarca, para quem a partir deste momento as crianças de Cabeça Fundão têm as condições necessárias para que haja um processo de ensino aprendizagem de qualidade.

Nesta cerimónia de inauguração, as crianças e a comunidade de Cabeça Fundão agradeceram a primeira-dama e todas as instituições que estiveram envolvidas na mobilização de recursos e nos trabalhos de reabilitação da escola, tendo o representante dos pais e encarregados de educação lançado um repto no sentido de a primeira-dama que passar a ser madrinha da sua escola, e que a empresa executora das obras, assim como que as instituições envolvidas sejam madrinhas de cada uma das crianças que estudam na referida escola, do pré-escolar ao 4º ano de escolaridade.

Lígia Fonseca agradeceu também às instituições que contribuíram que a reabilitação da escola fosse realidade, assim como a contribuição da comunidade emigrada nos Estados Unidos da América, dos amigos de Portugal e várias instituições e pessoas residentes que também deram o seu apoio às crianças dessa localidade da ilha do Fogo.

A requalificação da escola em apreço consistiu na substituição da cobertura de telha por betão armado, construção de mais uma sala de aula, uma cozinha e um pequeno armazém e a requalificação do pátio para a prática de actividade física.

Na ocasião procedeu-se ainda à distribuição de kits escolares (batas, bolsas, cadernos, lápis, afiador de lápis de cor) a cada um dos 30 alunos do EBI, sendo 18 rapazes e 12 raparigas, e nove do pré-escolar, bolas de futebol, mesas e cadeiras novas para as salas de aulas e jardim, kits de primeiro socorro.

JR/FP

Inforpress/Fim

 

Leia ainda - Artigos mais recentes: