12 Dezembro 2017

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Santa Catarina do Fogo: Obras de reabilitação da escola e do jardim infantil de Cabeça Fundão inauguradas esta segunda-feira

  • PDF
Partilhar esta notícia

 

São Filipe, 09 Out (Inforpress) – As obras de reabilitação da escola de EBI e jardim infantil de Cabeça Fundão são inauguradas esta segunda-feira, 09, pela Primeira-dama de Cabo Verde, Lígia Fonseca, que mobilizou parceiros e recursos para recuperar a infra-estrutura.

A ideia de mobilizar recursos partiu da Primeira-dama, que no início de Junho, no quadro da comemoração do Dia Internacional da Criança, visitou a escola, que não reúne as condições para o seu funcionamento “com a dignidade” que as crianças merecem e para tal foram mobilizados mais de dois mil contos.

A requalificação passou pela substituição do tecto com a retirada da telha e colocação de betão, construção de mais uma sala de aula, uma cozinha e um pequeno armazém, bem como o arranjo do pátio para a prática de actividade física.

O projecto prevê ainda a distribuição de kits escolares (batas, bolsas, cadernos, lápis, afiador de lápis de cor) a cada um dos 30 alunos do EBI, sendo 18 rapazes e 12 raparigas, e nove do Pré-escolar, sendo três do sexo masculino e seis do sexo feminino, bolas de futebol, assim como mesas e cadeiras novas para as salas de aulas e jardim, kits de primeiro socorro.

A escola funciona com três professores e três turmas compostas, 1º e 2º anos, 3º e 4º anos e 5º e 6º anos, sendo que uma das salas é dividida ao meio, funcionando num lado uma turma do EBI e do outro lado uma do Pré-escolar.

Com a realização dessas obras, as crianças passarão a contar com um espaço para a prática de educação física, beneficiarão de ligação de água canalizada e electrificação de toda a área educativa, salas de aulas reabilitadas e uma construída de raiz, um jardim colorido, espaço verde, uma cozinha com mosaicos, azulejos e apetrechada e, ainda, um pequeno horta escolar.

Foi criado um espaço de leitura designado “árvore do saber”, onde as crianças têm em mãos livros de contos de fadas, histórias de Cabo Verde e desenhos infantis.

JR/JMV

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: