18 Agosto 2017

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Mosteiros: Câmara Municipal tenciona criar um fundo financeiro municipal para o empreendedorismo – edil

  • PDF
Partilhar esta notícia

 

Vila de Igreja (Mosteiros), 11 Ago (Inforpress) – A edilidade dos Mosteiros tem na forja a criação de um fundo financeiro municipal para o empreendedorismo, no quadro da política activa de emprego e fomento do empreendedorismo, anunciou o edil, Carlos Fernandinho Teixeira.

O autarca, que discursava no acto da inauguração do Gabinete Municipal do Empreendedorismo e da assinatura do protocolo de cooperação entre esta instituição e o Centro de Emprego e Formação Profissional, ocorrido esta sexta-feira na cidade de Igreja, disse que “não vale a pena criar o Gabinete Municipal se ele mesmo não tem capacidade para financiar pequenos projectos de negócios”.

“Mais do que orientar os jovens empreendedores na elaboração dos seus planos de negócios, organizar acções formativas em matéria de empreendedorismo e gestão de negócios, o Gabinete Municipal encarregar-se-á de montar, a médio e longo prazo, um plano de investimento municipal prospectivo para atrair investimentos privados, sobretudo dos emigrantes”, disse o edil.

Segundo o mesmo, a inauguração do gabinete em apreço constitui uma nova era no processo de desenvolvimento do empreendedorismo nos Mosteiros e simboliza a visão estratégica e assertiva da Câmara em matéria de política pública para o empoderamento do tecido empresarial local.

“Não podemos idealizar uma economia local forte, sustentável e competitiva sem dispensar uma atenção especial aos privados e sem criar as melhores condições de investimentos de modo a desenvolver os seus negócios com confiança e num ambiente seguro”, advoga o autarca, para quem a edilidade esteve sempre na vanguarda das causas empreendedoras, apontando como exemplo o facto de parte considerável dos orçamentos ter sido  encaminhado para o fomento de iniciativas empreendedoras, quer através de actividades geradoras de rendimento como de financiamento pontual de pequenos projectos de negócios.

Por sua vez, o coordenador do Centro de Emprego e Formação Profissional, José António de Pina, destacou as relações profícuas existentes desde a criação do centro, acrescentando que para o desenvolvimento das suas actividades esta instituição necessita de parcerias fortes com as instituições públicas e privadas com responsabilidade nos sectores de emprego e formação profissional.

O protocolo de cooperação entre o Gabinete Municipal do Empreendedorismo dos Mosteiros e o Centro de Emprego e Formação Profissional Fogo e Brava, foi rubricado pelo vereador Fábio Vieira e pelo cCoordenador do C entro, José António de Pina.

Depois da inauguração do Gabinete Municipal do Empreendedorismo, o edil dos Mosteiros, acompanhado do presidente da Assembleia Municipal, Lúcio Fernandes, procedeu a abertura da feira regional dos produtos agropecuários, na presença do delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), Jaime Ledo de Pina.

A feira ostenta treze stands que foram ocupados com vários produtores e artesãos sobretudo dos municípios dos Mosteiros e de São Filipe, com produtos transformados (doces diversos), artesanais e agrícolas.

Marcaram presença nesta feira as três unidades de transformação de frutas de Lomba e Campanas de Cima (São Filipe) e de Mosteiros, financiados no quadro do programa de luta contra a pobreza, através da Comissão Regional de Parceiros, sendo que esta é a primeira vez que estas unidades participam com os seus produtos num evento.

As actividades prosseguem e esta tarde está previsto o torneio de velhas glórias com a participação de duas equipas de São Filipe, uma dos Mosteiros, e outra de Santa Catarina do Fogo, e a prova de corrida de cavalos, a primeira fase com a participação de oito cavalos, sendo seis da ilha do Fogo e dois da Boa Vista.

JR/FP

 

Inforpress/Fim

 

 

Leia ainda - Artigos mais recentes: