18 Agosto 2017

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Futebol/Campeonato CV: Equipa de arbitragem do Fogo apita jogo Ultramarina – Mindelense

  • PDF
Partilhar esta notícia

 

Cidade da Praia, 11 Ago (Inforpress) – Uma equipa de arbitragem do Fogo vai apitar para o jogo da primeira mão das meias-finais do Campeonato Nacional de Futebol entre Ultramarina e Mindelense, a ser disputado domingo, no Estádio Orlando Rodrigues, em São Nicolau.

David Monteiro é o árbitro central indigitado pelo Conselho Nacional de Arbitragem e vai ser coadjuvado por Miguel Barbosa e João Pires, da ilha do Fogo, enquanto Ovídeo Tavares, da ilha Brava, foi delegado as funções de quarto árbitro.

O jogo, de acordo com um comunicado da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), está agendado para as 16:00 de domingo.

Esta meia final entre os tetra-campeões de Cabo Verde do Mindelense e a Ultramarina, que deveria realizar-se no mês de Junho, não foi efectivado, após dois adiamentos e uma peripécia que envolveu o “desaparecimento” das chaves para abrir os portões do Estádio Orlando Rodrigues.

Com processos, recursos e decisões pelo meio, a FCF, mesmo sem se realizar o jogo da primeira mão em São Nicolau, marcou o da segunda mão em São Vicente, em que a Ultramarina venceu o Mindelense por 2-0.

Na semana passada, a federação anulou o jogo realizado e mandou repetir os dois jogos das meias-finais, prorrogando assim a época desportiva, que deveria terminar no dia 31 de Julho.

Ultramarina “não abre mão” da vitória do jogo da 2ª mão, ou seja, disponibiliza-se para jogar apenas um jogo, ao passo que o Mindelense, que se considera o “maior prejudicado” neste caso, chegou mesmo a afirmar que a época estava terminada para os tetra-campeões.

Gerada a polémica, agora são as associações regionais que solicitam uma assembleia geral extraordinária para analisar a situação da modalidade no país e pedir a demissão do presidente da FCF, Vítor Osório.

O único finalista apurado para a final, o Sporting da Praia, aguarda pelo adversário da final desde 1º de Junho, data em que eliminou a Académica do Porto Novo, no Estádio da Várzea.

SR/CP

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: