28 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Fogo: Ilha regista chuvas brandas acompanhadas de rajadas de vento mas sem grandes consequências

  • PDF
Partilhar esta notícia
São Filipe, 31 Ago (Inforpress) – A ilha do Fogo regista queda de precipitações desde o início de madrugada, acompanhada de algumas rajadas de vento, mas nos três municípios não se verificaram quaisquer situações de anormalidade provocadas pelas chuvas. O Comandante Regional de Protecção Civil para as ilhas do Fogo e Brava, Edson Alfama, disse à Inforpress que até às 08:00 desta segunda-feira não se registou nenhuma situação anormal nas duas ilhas e que está em contacto com as câmaras municipais. Nos Mosteiros, o vereador da área de Protecção Civil, Jaime Monteiro, confirmou a ocorrência de chuvas acompanhadas de vento, no âmbito da tempestade “Fred”, mas conforme disse ”a situação no município é normal e sem ocorrência de situações que aspiram cuidados. Cenário semelhante se verifica nos municípios de Santa Catarina do Fogo e em São Filipe, onde também, conforme as autoridades municipais, não há nada de excepcional até às 08:00 de segunda-feira, 31 de Agosto. Nos Mosteiros e em Santa Catarina do Fogo, os responsáveis estão no terreno a visitar as diferentes comunidades para uma avaliação mais profunda. Quer nestes municípios quer no de São Filipe, onde está a sede do Comando Regional de Protecção Civil para as ilhas do Fogo e Brava, mantém-se a situação de alerta, já que continua a se registar a queda de precipitação, acompanhada de vento e com o céu totalmente encoberto. Em relação à ligação aérea, o aeródromo de São Filipe está encerrado neste momento ao tráfego, mantendo-se em “stand bay”, aguardando para eventual melhoria das condições climáticas. Igualmente, o fast ferry, que assegura a ligação marítima entre as ilhas da Brava, Fogo e Santiago, não fará a deslocação esta segunda-feira, por causa das condições climáticas adversas, devendo retomar a ligação amanhã, terça-feira. JR/JMV Inforpress/Fim
Leia ainda - Artigos mais recentes: