28 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

São Filipe: Câmara e AMP garantem presença de nadadores/salvadores durante época balnear

  • PDF
Partilhar esta notícia
São Filipe, 01 Jul (Inforpress) – A Câmara Municipal de São Filipe e a Agência Marítima e Portuária (AMP) celebram hoje um protocolo de parceria para colocação de seis nadadores/salvadores nas praias balneares do município entre 1 de Julho e 30 de Setembro. Carlos Rocha, delegado da AGP na ilha do Fogo, disse à Inforpress que durante o período balnear as praias de Fonte Vila e Marmolano (Vale dos Cavaleiros) na cidade de São Filipe, as duas praias consideradas balneares a nível da ilha, vão ser vigiadas por nadadores/salvadores formados e com os mínimos de equipamentos necessários. Segundo o mesmo, a praia de Fonte Vila terá três nadadores/salvadores e a de Marmolano (Vale dos Cavaleiros) dois nadadores/salvadores, ficando um na qualidade de suplente, indicando que o subsídio financeiro será suportado pelas duas instituições. A abertura da época balnear inicia-se esta quarta-feira, mas a apanha de areia na praia de Fonte Vila continua em curso e, segundo Carlos Rocha, a comissão que faz a gestão, apesar de vozes discordantes dos responsáveis do projecto de preservação de tartarugas, Projecto Victó, a apanha de areia só será suspensa a partir de 31 de Julho e por um período de dois meses. Carlos Rocha disse que há possibilidade de a apanha de areia ser suspensa antes desta data caso houver registo de algum rasto de tartarugas na praia de Fonte Vila. A apanha de areia foi extensiva a uma empresa de construção civil que aos fins-de-semana, além de utilizar três viaturas pesadas e de grande capacidade, também utiliza a máquina para encher as viaturas, facto que tem estado a revoltar muitas pessoas ligadas ao sector do ambiente em São Filipe. A celebração do protocolo de parceria marca a abertura da época balnear e nesta ocasião os nadadores/salvadores, em número de nove, sendo três formados recentemente e seis reciclados, depois de uma primeira formação em técnica de salvamento e segurança aquática para a vigilância das praias realizada em 2013, vão receber os seus certificados e cartões de identificação. Os nadadores/salvadores que vão vigiar as praias estarão devidamente uniformizados e com um conjunto de materiais para as praias como boias, planchas de salvamento, materiais de primeiros socorros, kits com o mínimo de equipamento para a prestação dos serviços, sendo que as duas praias vão estar também sinalizadas conforme o estado do mar. JR/ZS Inforpress/Fim
Leia ainda - Artigos mais recentes: