26 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Associação Água para Viver vai continuar a apoiar deslocados de Chã das Caldeiras - presidente

  • PDF
Partilhar esta notícia
São Filipe, 18 Jun (Inforpress) – A Associação “Água para Viver” sediada na Holanda vai continuar a mobilizar apoios para as famílias deslocadas de Chã das Caldeiras na sequência da erupção vulcânica de 23 de Novembro de 2014, garantiu hoje o presidente Agnelo Spínola. O presidente desta organização não-governamental fundada por emigrantes cabo-verdianos na Holanda disse que, até agora, esta já apoiou 22 famílias mais carenciadas de Chã das Caldeiras alojadas em Monte Grande, Achada Furna e nos Mosteiros. Informou que algumas famílias foram beneficiadas com camas e colchões e outras com a atribuição de um montante em dinheiro que oscila entre os cinco e os 10 mil escudos.Segundo esse responsável, trata-se de donativos mobilizados junto da comunidade e de famílias nesse país europeu, anotando que as famílias beneficiadas foram seleccionadas pelo conselho local da Cruz Vermelha de Cabo Verde (CVCV) de entre as mais necessitadas.Novas fases de apoios serão concretizadas, afiançou Agnelo Spínola, para quem a Associação “Água para Viver”, à semelhança de outras instituições, prefere proceder à entrega directa dos donativos, evitando que os mesmos sejam usados para outros fins.JR/ABInforpress/Fim
Leia ainda - Artigos mais recentes: