30 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

São Filipe: Gabinete de Emigração lança campanha de apadrinhamento de 50 crianças de famílias carenciadas

  • PDF
Actualizado a 22/04/2015, 00:08 São Filipe, 22 Abr (Inforpress) – O Gabinete de Emigração e Desenvolvimento (GED) da edilidade de São Filipe lança, por ocasião das festas de São Filipe , uma campanha de apadrinhamento de 50 crianças de famílias mais carenciadas do município junto dos emigrantes em férias. José Pedro Gonçalves, responsável do GED, disse que a ideia é aproveitar este período em que a ilha e a cidade recebem vários emigrantes, para lançar a campanha de apadrinhamento que visa apoiar crianças de famílias carenciadas de várias localidades já identificadas, a suprir as necessidades. A ideia da campanha surgiu na sequência do mau ano agrícola e da erupção vulcânica, cujas cinzas danificaram o pouco pasto que existia em algumas localidades. Segundo o responsável, o emigrante que apadrinhar uma criança deve apoiar a família deste no pagamento de propina, aquisição de alimentos básicos e apoio a nível de saúde, de modo a fazer face às dificuldades reinantes. A campanha decorre através do balcão do Gabinete de Emigração e de Desenvolvimento e de distribuição de desdobráveis aos emigrantes durante o período festivo, mas também através de contactos personalizados para os explicar o objectivo da iniciativa e a forma de contribuir. O responsável do GED disse ter identificado as 50 crianças que frequentam escolas do Ensino Básico Integrado (EBI) e Ensino Secundário (ES) e são, na sua maioria,  das zonas mais afectadas pelo mau ano agrícola. O GED, inaugurado em Abril do ano passado, atendeu várias centenas de emigrantes e segundo José Pedro Gonçalves só a nível de emissão de declaração de emigrantes,  o gabinete emitiu uma média de 400 certidões, orientação dos emigrantes que pretendem investir, de entre outros. Este disse que o GED tem para 2015 o projecto “preparar partidas” e em fase de elaboração o de apoio ao regresso, porque, conforme explicou, muitos querem investir e devido as dificuldades iniciais não o fazem e que havendo um apoio nesta fase seria fundamental para atrair investimentos de emigrantes. Os emigrantes que vivem nos Estados Unidos da América podem contactar o GED através de “magic jack”, número 8174195507 e os demais através do telefone 2814045 entre as 08:00 e às 16:00 horas de Cabo Verde. JR Inforpress/Fim  
Leia ainda - Artigos mais recentes: