17 Julho 2019

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

São Filipe: Unidades hoteleiras com lotação esgotada entre 25 de Abril a 01 de Maio

  • PDF
Partilhar esta notícia
Actualizado a 15/04/2015, 18:32 São Filipe, 17 Abr (Inforpress) – As várias unidades hoteleiras da cidade de São Filipe (hotéis, residenciais e pensões) estão com a capacidade de resposta esgotada entre os dias 25 de Abril e 01 de Maio, estando vários pedidos pendentes e sem possibilidade de atendimento. A Inforpress constatou no terreno que todas as unidades hoteleiras têm pedidos de reserva superior a capacidade de alojamento e mesmo os que iniciaram actividades recentemente não tem espaço para atender às demandas para o período festivo do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe, cujas actividades decorrem de 25 de Abril a 01 de Maio. À semelhança dos anos anteriores, os mais prevenidos efectuaram as suas reservas com meses de antecedência, evitando assim transtornos de última hora e garantindo a presença nas festividades do 1º de Maio, a maior festa tradicional de Cabo Verde. Além de problemas de espaço nos hotéis, este ano a procura para lugar nos voos dos TACV entre São Filipe e Praia tem registado uma grande procura e várias agências de viagens têm recebido solicitações para marcação e aquisição de bilhetes de passagens, mas sem possibilidade de serem satisfeitas já que os voos programados estão todos cheios. A companhia aérea que assegura a ligação entre as cidades da Praia e de São Filipe tem programado menos voos para São Filipe entre 25 de Abril e 01 de Maio, em relação ao ano passado. Para o mesmo período de 2014, a companhia tinha programado e realizado 15 voos com o aparelho ATR-72, o que significa que uma média de mil pessoas chegou a ilha através da ilha via aérea, mas este ano até este momento os TACV têm programado um total de 13 voos entre 25 de Abril a 01 de Maio, dois voos diários, com excepção do dia 27 de Abril que está previsto um único voo. Na próxima semana, nos dias 23 e 25, terça-feira e quinta-feira, não está programado nenhum voo para São Filipe, não obstante as solicitações de vários passageiros, muitos dos quais chegam dos Estados Unidos da América no próximo sábado, 19 de Abril, e não têm ligação garantida com São Filipe. A companhia Cabo Verde Express tem previsto alguns voos entre os dias 27 de Abril e 03 de Maio, enquanto a Cabo Verde Fast Fery, que tem operado com o navio Liberdade, tem programado ligação diária entre os 27 e 30 de Abril, incluindo terça-feira, cuja ligação normal será apenas entre Brava/Fogo e quinta-feira, dia normalmente reservado ao descanso da tripulação. Neste momento, já paira no ar o ambiente de festa, com alguma movimentação de pessoas, sobretudo de emigrantes, mas também nas casas comerciais, bem como no Presídio, palco principal das actividades culturais, onde neste momento estão a ser instaladas s barracas, a vedação e a montagem do palco. Para as actividades culturais, desportivas e recreativas, a edilidade de São Filipe orçamentou para as festas o montante de 14 mil contos. O grupo de zouk das Antilhas Francesa, Face a Face, é tido como cabeça de cartaz da edição 2015 das festas do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe. Além deste grupo, liderado pela dupla Patrick Andrey e Jim Rama, que esteve primeira vez em São Filipe em 2010, outro destaque para a edição 2015 das festividades é a actuação, pela primeira vez, no Presídio, do artista cabo-verdiano Tito Paris e do regresso dos agrupamentos musicais Tabanca Djaz, Ferro e Gaita e Cabo Verde Show. Artistas como Jorge Sena, Michel Montrond, Neusa de Pina, Gil Semedo, Djodje, Rick Boy, Jorge Neto, Gama, Zé Espanhol, Zeca de Nha Reinalda, são de entre mais de duas dezenas de artistas e grupos confirmados para as festividades. Do programa das festividades constam ainda, entre outras, a realização da semana de “merca na Djarfogo” (América na ilha do Fogo) que é uma actividade promovida em conjunto com as edilidades de Santa Catarina e Mosteiros, prémio revelação Sete Sóis Sete Luas com grupos musicais de Ribeira Grande de Santo Antão, Brava, Ribeira Grande de Santiago, Tarrafal de Santiago e São Filipe, feira agro-industrial, e actividades desportivas nas diversas modalidades. JR Inforpress/Fim
Leia ainda - Artigos mais recentes: