28 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Fogo: Obras de reabilitação da conduta Patim/Cova Figueira consignadas a empresa executora

  • PDF
Partilhar esta notícia
Actualizado a 16/04/2015, 00:11 São Filipe, 16 Abr (Inforpress) – As obras de reabilitação e substituição da conduta adutora Patim/Cova Figueira (Fogo), financiadas pelo Millenium Challange Account- Cabo Verde (MCA-CV), através do fundo do II Compacto, foi consignada terça-feira à empresa executora. A reabilitação e substituição da conduta Patim/Cova Figueira contempla uma extensão de 17 quilómetros e o projecto deve ser concluído dentro de 10 meses (Fevereiro de 2015). Construída nos anos 70 do século passado, as obras consistem na substituição das tubagens de fibrocimento e com juntas de borrachas por materiais mais apropriados, a construção das redes secundárias em todos os povoados situados entre Patim e Cova Figueira e a rede de ligação domiciliária. Com a reabilitação da conduta, segundo o administrador/delegado da empresa intermunicipal de águas, Águabrava, José Rodrigues, a empresa vai reduzir as perdas na rede que actualmente é de 60 por cento (%), facto que tem dificultado a Águabrava no abastecimento da zona sul e centro da ilha. O lançamento da primeira pedra aconteceu em Patim a 16 de Janeiro passado, mas só agora foi consignada, estando neste momento a empresa executora a mobilizar os meios para iniciar as obras no decurso da próxima semana. Este projecto está orçado em cerca de 165 mil contos, dos quais 69 mil contos, correspondente a mão-de-obra,  são  assegurados pela Cooperação Luxemburguesa e 95 mil contos em materiais assegurados pelo MCA e governo de Cabo Verde. JR Inforpress/Fim  
Leia ainda - Artigos mais recentes: