28 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Fogo: Ministra da Saúde inteira-se da evolução da situação de saúde após erupção vulcânica

  • PDF
Partilhar esta notícia
Actualizado a 12/04/2015, 09:37 São Filipe, 12 Abr (Inforpress) - A ministra-adjunta e da Saúde, Cristina Fontes Lima, inicia este domingo uma visita de três dias à ilha do Fogo para inteirar-se da evolução da situação da saúde após a erupção vulcânica de 23 de Novembro de 2014. A titular da pasta da Saúde que chefia uma delegação do seu Ministério, de que fazem parte o director nacional da Saúde, Tomás Valdez, e a directora-geral do Planeamento, Orçamento e Gestão, Serafina Alves, vai também avaliar os serviços de saúde na perspectiva de instalação da região sanitária Fogo e Brava. Segundo o programa, a ministra da Saúde tem agendado uma visita às obras do novo hospital da região sanitária Fogo e Brava em curso neste momento e cujas obras deverão ficar concluídas nos meados de Julho, assim como constituir a comissão instaladora da região sanitária que será integrada pelos delegados de Saúde de São Filipe, Mosteiros e Brava. Cristina Fontes Lima vai também conferir posse aos novos delegados de Saúde de São Filipe, Ledo Pontes, e dos Mosteiros, Elicha do Rosário Rocha Fernandes. Com a nomeação de Ledo Pontes para delegado de Saúde de São Filipe, separou-se a delegacia do hospital regional, ficando o antigo delegado de Saúde de São Filipe, Luís Sanches, indigitado para administrar o hospital regional Fogo e Brava. A delegação ministerial vai participar numa actividade relacionada com a Saúde Escolar, que se realiza na manhã de segunda-feira, 13 nas instalações do hospital onde estarão presentes o pessoal da saúde e do Ministério da Educação. JR Inforpress/Fim
Leia ainda - Artigos mais recentes: