30 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

São Filipe; CPC do MpD analise consequência do abastecimento de água à população

  • PDF
Actualizado a 07/04/2015, 06:32 São Filipe, 07 Abr (Inforpress) – A Comissão Política Concelhia (CPC) do Movimento para Democracia (MpD-oposição) analisa esta terça-feira os impactos negativos do deficiente abastecimento de água à população da zona sul de São Filipe. O coordenador concelhio do MpD, Filipe Santos, convocou a imprensa para denunciar aquilo que considera ser “carência da água potável no sul do concelho”, assim como os “impactos nefastos “às famílias e aos criadores de gados de uma forma geral. A zona sul da ilha do Fogo, cobrindo parte dos municípios de São Filipe e de Santa Catarina do Fogo, passa por penúria de água devido a avaria na rede de fornecimento de energia eléctrica que tem impedido à empresa responsável pela produção e distribuição de água, Águabrava, de fazer a bombagem e abastecimento de água a população. O administrador/delegado da Águabrava reconheceu o constrangimento, mas lamenta não poder resolver o problema porque a elevação de água até o reservatório principal de Patim depende de energia que, há uma semana, não tem sido disponibilizada devido a avarias na rede sul. A zona sul da ilha concentra a maior parte do efectivo de pecuário, sobretudo caprino, e os criadores estão com dificuldades para dar de beber os seus animais. JR Inforpress/Fim  
Leia ainda - Artigos mais recentes: