01 Julho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Fogo: Parte alta de São Filipe e interior da ilha com problemas de energia e abastecimento de água

  • PDF
Partilhar esta notícia
Actualizado a 06/04/2015, 17:13 São Filipe, 06 Abr (Inforpress) - A população dos bairros da parte alta da cidade de São Filipe e várias localidades dos municípios de Santa Catarina e dos Mosteiros estão privadas de energia eléctrica com reflexo no abastecimento de água. Na zona sul de São Filipe, a população está sem água há uma semana e sem energia há mais de 24 horas e é visível a circulação de pessoas munidas de vasilhames à procura do precioso líquido. O problema no abastecimento de água na ilha do Fogo está relacionado com a racionalização no fornecimento de energia eléctrica na sequência de uma avaria na central de São Filipe que tem provocado cortes frequentes e sucessivos no fornecimento de energia para o consumo e para a bombagem de água. Com relação ao deficiente abastecimento de água, o administrador/delegado da empresa Águabrava, José Rodrigues, disse que a situação “é complicada” e que não tem uma previsão para repor a normalidade, indicando que já tentou por várias vias o contacto com o delegado da Electra na ilha para obter informações sobre a avaria e o “timing” para a sua solução, mas sem sucesso. Disse que, apenas a cidade de São Filipe é abastecida com regularidade porque a empresa dispõe de geradores nos furos de Monte Grito e Xaguate, que abastecem a cidade e um gerador na zona sul, mas, para tal, é necessário fazer reserva no reservatório de maior capacidade e que isso depende da energia eléctrica. José Rodrigues lamenta a situação que causa também prejuízos à empresa, anotando que, assim que a situação de energia for restabelecida a empresa vai disponibilizar água para a população mais afectada. O problema de energia é complicado e, a título de exemplo, num espaço de duas horas o fornecimento foi interrompido por 10 vezes o que demonstra o grau de avaria. A Inforpress tentou por várias vezes o contacto com o delegado da Electra, Henrique Fernandes, para saber sobre a avaria e para quando a reposição da situação, mas os contactos não resultaram. Duas viaturas da empresa transportando técnicos estão entre São Filipe e Patim a fazer vistoria na rede de cobre que, segundo os técnicos da Electra, é a mais problemática e que tem provocado racionalização no fornecimento de energia eléctrica. JR Inforpress/Fim
Leia ainda - Artigos mais recentes:

Comentar