26 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Uni-CV já conta com uma plataforma de informação geográfica sobre erupção vulcânica de 2014/15

  • PDF
Partilhar esta notícia
Actualizado a 30/03/2015, 18:42 Cidade da Praia, 30 Mar (Inforpress) - A Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) já conta com uma Plataforma de Informação Geográfica sobre a erupção vulcânica na Ilha do Fogo, cujo lançamento aconteceu hoje, no Campus de Palmarejo, na Cidade da Praia. A plataforma foi criada em parceria com a Esri Portugal - Sistemas e Informação Geográfica, S.A, que, em conjunto fizeram o acompanhamento e auxílio das situações que foram surgindo no terreno na ilha do Fogo como em toda a temática científica envolvente. Trata-se de uma aplicação geográfica que reúne em 3D o estado da erupção de 2014/2015 e o histórico de imagens e vídeos da ilha do Fogo durante a última erupção vulcânica. Em declarações aos jornalistas, à margem do acto de lançamento da plataforma, a reitora da Uni-CV, Judite Nascimento, disse que essa iniciativa com a Esmi de Portugal surge no quadro de um protocolo assinado para a instalação de um Núcleo de Geo-Processamento. E, neste quadro, avançou a reitora, as partes decidiram-se pela criação de uma plataforma com as informações tendo em conta geo-referência dos dados da erupção vulcânica da Ilha do Fogo. Judite Nascimento classificou essa iniciativa de  “importante por colocar à disposição da sociedade e das entidades um leque de informações recolhidas ao logo da erupção vulcânica”. Segundo esta responsável, as informações organizadas na plataforma permitirão uma maior compreensão deste fenómeno, uma vez que vão estar disponibilizados a sobreposição de variáveis de informações geográficas. “A consulta desta plataforma permitirá aos decisores terem acesso à uma informação viável, fiável e que certamente será um suporte interessante para a tomada de decisões”, precisou. Por sua vez, Nuno Coelho, coordenador do Esri Portugal, disse que a plataforma vai ser inovadora a nível de transmissão e partilha de informações a nível académico, investigativo e científico. “A plataforma vai disponibilizar informações ‘on-line’ e, neste momento, estamos a lançar a parte relativamente às erupções e já estamos a preparar outras temáticas de lançamento de informações”, indicou. Nuno Coelho adiantou ainda que, a partir de Maio próximo, a equipa vai fazer outros levantamentos no terreno, que para além de poderem ser acompanhados em tempo real, vão ser trabalhados e disponibilizados na plataforma. Neste momento, indicou, a plataforma tem disponível imagem de toda a área afectada e modelos que dão informações científicas para a parte da investigação da Uni-CV. Sobre o modelo da plataforma, disse que vai ter uma vertente pública, para informação ao cidadão, e uma outra para a investigação académica, “uma vez que a plataforma vai publicitar informações que podem ser mais-valia para um trabalho investigativo”. A Plataforma de Informação Geográfica da Uni-CV vai beneficiar parceiros como a Protecção Civil, o Observatório Vulcanológico de Cabo Verde e outras instituições ligadas ao sector. A plataforma pretende alargar-se a outros projectos, analisando geografia, geologia, alterações climáticas, saúde, condições climáticas, entre outros temas, das diversas ilhas de Cabo Verde. OM Inforpress/Fim
Leia ainda - Artigos mais recentes: