27 Junho 2022

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Governo promete levar água dessalinizada a São Domingos nos próximos meses

  • PDF
Partilhar esta notícia
Actualizado a 13/03/2015, 14:59 São Domingos, 13 Mar (Inforpress) – O Governo manifestou hoje a sua disponibilidade no sentido de mobilizar vias e meios para trazer água dessalinizada à população de São Domingos, a partir de Achada de São Filipe, nos próximos meses. Esta promessa foi feita pelo ministro do Ambiente, Habitação e Ordenamento do Território, Antero Veiga, sustentado que o executivo vai cumpri-la “com base em recursos financeiros mais céleres do que os da cooperação internacional, nomeadamente o Fundo do Ambiente”. Na sua intervenção ao presidir à cerimónia solene do 21º aniversário da criação deste município do interior de Santiago, o governante foi claro em afirmar que a problemática do abastecimento de água exige soluções imediatas, argumentando que os munícipes não podem continuar à espera. A este propósito, realçou, entretanto, que o Governo aguarda, para o efeito, o projecto técnico ainda na sua fase de finalização, pela Agência Nacional de Água e Saneamento, mesmo sabendo que se trata de um projecto provisório. Antero Veiga disse, por outro lado, que a problemática dos recursos hídricos em São Domingos ilustra o que apela de um “duro impacto das mudanças climáticas nestas ilhas Atlântidas do Sahel”. “Estima-se que a diminuição do caudal dos lençóis freáticos é muito acentuada, tendo já ultrapassado os 50%”, indica o governante, ressalvando que actualmente só se consegue extrair apenas metade da água em relação ao que era disponível há poucos anos. Sendo assim, disse que o Governo que representa irá trabalhar sempre enquanto um parceiro disponível e cooperativo, de forma a assumir e cumprir “plenamente as suas atribuições, competências e responsabilidades, com sentido de Estado, razão pela qual lançou um desafio a todos no sentido de propor ideias e desafios. Do ponto de vista ambiental, Antero Veiga desafiou a todos para a conjugação de esforços para a desobstrução e requalificação de vias de penetração e desencravamento das localidades do concelho, por entender que o município encerra um potencial considerado extraordinário para se afirmar como um destino incontornável para o turismo histórico, cultural e de montanha. SR Inforpress/Fim
Leia ainda - Artigos mais recentes: